Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > DROGAS: ADENTRANDO A SOCIEDADE!
 
DROGAS: ADENTRANDO A SOCIEDADE!
26/09/2012 as 16:43 h  Autor Patrícia Tozzo de Matos  Imprimir Imprimir
Quando almejamos expressar que algo nos aborrece logo dissemos que tal coisa é uma droga. Se pensamos assim, por que as drogas vêm adentrando a sociedade, em especial no Brasil?

Tal afirmação vem com base no 2º Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (II LENAD) realizado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), que apresentou dados alarmantes.  O Brasil é o maior mercado consumidor de crack do mundo e o 2º maior consumidor de cocaína. Essas conclusões já são suficientemente preocupantes, todavia não acabam por aqui.

O mesmo estudo, com base no levantamento em domicílios, feito com 4.607 pessoas em 149 municípios brasileiros, revelou que 1,5 milhão de pessoas usam maconha diariamente e o índice de dependentes chega a 37%. Dois milhões de brasileiros já usaram cocaína fumada pelo menos uma vez na vida, 45% dos usuários experimentaram pela primeira vez antes dos 18 anos e 48% dos usuários desenvolveram dependência química.

Os dados, por si, já chocam a todos. Infelizmente não damos ênfase no como “tudo começa”, ou seja, na raiz do problema. É comum termos em vista o “como termina”, ou melhor, uma visão do “fruto defeituoso”, porém isso não soluciona o problema.

Os resultados de pesquisas não param por aí. Quase um milhão de crianças e adolescentes já teve a péssima experiência de usar drogas em uma fase delicada e determinante da vida de um indivíduo. Esse encontro com as drogas passa pelo processo de socialização, que sempre envolve certa tensão e estímulo a que o indivíduo se aproxime das drogas. É comum que isso ocorra por meio do que chamam de “primeiro tapa”, que nada mais é do que experimentar a droga.

O uso de drogas (lícitas ou ilícitas) é algo que vem circulando na sociedade com um “ar” de sofisticação e normalidade, e atrai muitas vezes a juventude vislumbrada pela mídia. Sabe-se que, enquanto não tratarmos a droga como um real provocador de problemas sociais e um mal à saúde pública, cada vez mais crescerão os índices apresentados nas pesquisas quanto ao seu uso.

Tendenciosamente, responsabilizamos os governos e políticos pelo uso das drogas. É certo que estes não cumprem com muitas de suas obrigações, entretanto não podemos ser apáticos ao fato de que nós, como famílias ou como cidadãos, temos uma grande parcela de responsabilidade.

Frequentemente adquirimos informações e conhecimentos, porém, quando se trata de uma análise ou ação eficiente e eficaz sobre problemas sociais, nós nos ocultamos, ou mesmo ficamos inertes, fingindo que não temos nenhuma ligação com o problema. Francamente é decepcionante; ninguém sabe o que fazer.

São necessárias mudanças de comportamento e de pensamento sobre o uso de drogas no Brasil. Hoje, com as portas para o mundo das drogas escancaradas, a educação nas escolas e nas famílias é comprovadamente o melhor caminho para a prevenção. Paralelamente, é preciso continuar lutando pela implantação de leis mais severas contrárias às drogas. Deve-se evidenciar, todavia, que há uma deformidade de valores na sociedade, já que tentam tornar o uso de drogas como algo comum e inofensivo, mas drogas são drogas!

Patrícia Tozzo de Matos: Acadêmica de Administração da UFMS de Três Lagoas (MS) – E-mail: patty_tozzo@hotmail.com

Marçal Rogério Rizzo: Economista e professor da UFMS de Três Lagoas (MS) – E-mail: marcalprofessor@yahoo.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
Nesse próximo sábado (27/11), a live no canal de Ananda Lima, será sobre a Literatura em Formosa do Rio Preto.
Os convidados são os escritores, Eromar Bonfim, Evadson Maciel e Arnone Santiago.
Todos falarão de suas obras publicadas e como a literatura influência em sua condição humana.
Conheça um pouco da potência criadora da região Oeste.
*****
Acesse o canal de Ananda Lima (https://youtu.be/zIPXxy4U1SI) e acompanhe essa e outras discussões que ocorrem todos os sábados, às 18 horas.
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK