Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Dá para acreditar?
 
Dá para acreditar?
15/05/2012 as 19:03 h  Autor Gilvan Rocha  Imprimir Imprimir
Seria uma medida inteligente colocar raposas para servirem de guardiãs de um galinheiro? Não, pois sabemos muito bem com que avidez as raposas partiriam para devorar as suas presas, no caso as galinhas postas diante delas.

Diante do retumbante escândalo do Carlinhos Cachoeira, que disputa em tamanho com o escândalo do Mensalão, resolveram, diante da grita geral, criar uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, para apurar o tamanho dos crimes perpetrados e o volume dos valores que foram desviados por uma verdadeira quadrilha que se instalou, como dantes o Mensalão, no seio do governo e tal qual um polvo estendeu os seus tentáculos por todas as unidades da Federação, por todas as instituições e partidos.

Pois bem, para formar essa Comissão, foram escolhidas algumas figurinhas carimbadas do nosso pútrido cenário político. Dentre essas figurinhas tão sujas destaca-se a do hoje senador Fernando Collor, que foi indicado pelo PTB, como membro da Comissão.

Sabemos que Fernando Collor, o “caçador de marajás”, foi enxotado da presidência da República, tamanhos eram os seus desmandos e falcatruas, onerando aquilo que eles costumam chamar de “Custo Brasil”.

A burguesia tem consciência de que a administração do país tem um custo, face às despesas com a máquina administrativa, sua manutenção e investimentos em obras de infra-estrutura.

Na previsão burguesa do “Custo Brasil”, uma fatia é destinada a pagar pelos desperdícios, outra à incompetência e outra aos desfalques. Quando a incompetência, o desperdício e a roubalheira se avultam, cresce o “Custo Brasil” e, assim, pouco sobra para o necessário investimento em infra-estrutura, tão importante para o crescimento do capitalismo. Collor extrapolou e foi posto fora, para voltar como senador e hoje ser membro de uma CPI.

O “Custo Brasil”, nas mãos do PT, tem sido oneroso, pois muito se gasta para manter as organizações populares em silêncio, engessadas. Entretanto, isso se tornou um bom negócio para a burguesia, precisa “cuidado”.

Gilvan Rocha é militante socialista e membro do Centro de Atividades e Estudos Políticos.
Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK