Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Eleição, a grande negociata
 
Eleição, a grande negociata
19/04/2012 as 11:17 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
A chegada das eleições municipais leva os políticos a um frenético movimento. São as alianças entre partidos e grupos para a apresentação de candidaturas com chance de sucesso perante o eleitorado e, uma vez eleitas, governar adequadamente as cidades. Os grupos que exercem o poder montam estratégias para nele permanecer e os que estão do lado de fora fazem o mesmo na tentativa de entrar. A disputa, em princípio, é justa, é saudável e a possibilidade de alternância nos cargos, melhor ainda. Sugere a existência de muitos cidadãos interessados em dar sua contribuição para o desenvolvimento da sociedade em que vivem. Pelo menos esse é o discurso.

Tradicionalmente se diz que o exercício do mandato público ou mesmo de cargos temporários no governo deve ser um ônus e não um bônus. O cidadão escolhido pelo eleitorado e aqueles chamados a colaborar com os eleitos empresta parte do seu tempo e principalmente a sua competência para a causa pública e, terminado o seu compromisso, volta à origem com a certeza da missão cumprida. Tudo muito bonito, não fosse a prática infelizmente estabelecida e cada dia mais presente nos escaninhos político-administrativos. Tanto os eleitos quanto os guindados a cargos, em vez de simplesmente cumprirem seu mandato, fazem tudo para se eternizarem no poder. Lutam por reeleições, nomeações subseqüentes e toda forma de continuísmo. O apego às coisas públicas é tão grande que se transformam em profissionais da política. Muitos, na verdade, nem têm profissão...

Com toda essa clientela faminta, a montagem das coalisões e esquemas pré-eleitorais, em vez de um nobre momento da política, transforma-senum sórdido balcão de negócios. E o mais triste é que a moeda de pagamento está nos cargos da administração pública, que são previamente loteados e distribuídos aos cabos eleitorais, parentes, financiadores de campanha e outros participantes do embate eleitoral, ora turvado pela ação dos participantes.

Passadas as eleições, o intervalo entre o anuncio dos eleitos e a posse é dedicado às composições, um momento de barganhas onde o eleito para o Executivo distribui os cargos de livre nomeação – 700 mil nas prefeituras brasileiras – a indicados dos vereadores que, independente das promessas feitas ao eleitor, se comprometem a compor o bloco da situação. Por conta disso, a máquina pública fica inchada de “profissionais” que caem de paraquedas em postos para os quais não têm a menor afinidade. E o povo paga a conta através dos salários dessa gente, normalmente mais altos que o do funcionário concursado e de carreira que, em muitos casos, não tem nem o compromisso de trabalhar. Infelizmente esse é um processo que ocorre nos municípios e se repete nos estados e na União.

O loteamento de cargos tem sido o responsável por grande parte da ineficiência da máquina pública e, principalmente, pelos casos de corrupção. É um problema que exige profunda reflexão e a busca da mais urgente solução...
 
Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves – dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br   

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK