Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Abertura e sobrevivência das empresas no Brasil
 
Abertura e sobrevivência das empresas no Brasil
09/04/2012 as 19:42 h  Autor Francisco Castro  Imprimir Imprimir
A formalização de um negócio ou de uma atividade é o que todas as pessoas que trabalham por conta própria, seja só, com familiares ou com empregados, deveriam fazer.  Entretanto, as dificuldades são imensas, que muitas vezes ultrapassam a necessidade de se ter um negócio formal, legal e com todos os direitos e deveres. As dificuldades começam na abertura, onde são exigidos muitos documentos, muitas comprovações e burocracia de toda natureza, apesar de algumas mudanças na legislação e a intervenção de algumas entidades, os empecilhos para se abrir uma empresa ainda são muito grandes. Após a abertura, as dificuldades são ainda maiores. São tão grandes que muitas delas sucumbem após alguns poucos anos.

Estudos de especialistas da área social, de emprego e renda mostram que a imensa maioria de aumento da renda da população é proveniente do aumento do emprego formal, emprego com carteira assinada, não dos empreendedores. Isso é comprovado por outros estudos, nos quais utilizando-se do ferramental da econometria obteve-se resultados bastante claros no sentido de que o número de empresas abertas aumenta quando as condições de mercados estão adversas e as perspectivas de aumento do desemprego são maiores. Ou seja, quando as pessoas sentem que podem perder o emprego ou já estão desempregadas e conseguir outro trabalho está difícil é que partem para abrir um negócio próprio.

Diante das dificuldades mencionadas acima, dos riscos inerentes a qualquer negócio, da falta de crédito barato e de eventual dificuldade de mercado fazem as pessoas preferirem ficar no emprego, que embora lhes proporcione um rendimento baixo, os riscos são infinitamente menores. Trabalhando em uma empresa como empregado, o máximo que pode ocorrer com a pessoa é perder o emprego. Já tendo montado um negócio próprio, se esse negócio fracassa e acaba, muitas vezes a pessoa perde tudo ou quase tudo que possui. Algumas estatísticas mostram que cerca de 50% das novas empresas vão à falência em dois anos.  Estudos mostram que existem alguns fatores que ajudam a levar uma empresa a ter sucesso ou não em seus primeiros anos.

Esses fatores são os seguintes: o tamanho da empresa, quanto maior a empresa, menor a possibilidade de a mesma vir a falir em seus primeiros anos de vida. Um outro fator muito importante para que uma empresa nova tenha sustentabilidade em seus primeiros anos é o nível da atividade econômica. Parece bastante óbvia, quanto maior a taxa de crescimento da economia, menor a possibilidade de uma empresa falir. Outra variável significativa é a localização da empresa. Ela deve está próxima de seu mercado e da mão de obra a ser utilizada. A idade da empresa também é um fator que pode ser classificado como importante. Quanto mais tempo de vida tem uma empresa menos provável é a sua falência. Um fator que pode ser caracterizado como um dos mais importantes é o crédito. O crédito tem que ser fácil, sem burocracia e barato. Quanto mais barato e fácil é o crédito, menos as empresas falem.

Mas, os dois fatores mais importantes para que uma empresa tenha uma longa vida é a garra, a determinação, a força de vontade e a coragem dos donos do negócio para enfrentar as dificuldades.  Quanto maior a dedicação e a seriedade com que o dono trata do seu negócio, menor a possibilidade da empresa vir à bancarrota. Outro fator que pode ser julgado como igualmente importante é a participação do governo em várias áreas que levem as empresas a terem menos dificuldades em suas sobrevivências. Legislação menos difícil, treinamento e consultoria grátis para os pequenos e médios empreendedores, liberação de crédito desburocratizado e barato, melhora na infraestrutura do país são algumas das ações que o setor público deve fazer para melhorar as condições de vida das empresas brasileiras, principalmente daquelas que foram abertas há pouco tempo e tanto precisa de apoio.

Francisco Castro. Economista
http://www.franciscocastro.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK