Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Obesidade infantil: um alerta aos pais!
 
Obesidade infantil: um alerta aos pais!
09/04/2012 as 19:26 h  Autor dr. Sylvio Renan Monteiro de B  Imprimir Imprimir
Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) alertam para o agravante cenário da obesidade no Brasil. E, quando se trata de obesidade infantil, os números são cada vez mais preocupantes: aproximadamente 15% das nossas crianças, na faixa etária entre os 5 a 9 anos, estão acima do peso. Estima-se ainda que na próxima década cerca de 60% da população brasileira será mais pesada do que deveria. “Um dos principais motivos para este cenário é a alimentação inadequada”, diz o Sylvio Renan Monteiro de Barros, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria e da MBA Pediatria.

Para o pediatra, pais e cuidadores devem ficar atentos quanto a alimentação saudável das crianças, além do incentivo à prática do esporte. “Deve-se educar para uma boa alimentação desde a infância, cujos efeitos são essenciais para a saúde e o bem-estar ao longo da vida”, ressalta.

Mas a alimentação das crianças merece um ingrediente importante: exemplo e incentivo dos pais. “De nada adianta os pais quererem que seus filhos comam legumes, frutas e vegetais, se não tiverem o hábito de consumo destes alimentos. Para as crianças sentirem vontade em ingerir alimentos saudáveis é indispensável que elas sintam-se motivadas e, pais e mães são as principais fontes de incentivo, e exemplo, que elas possuem”.

Sylvio Renan complementa com algumas dicas práticas, que não são nada complicadas. “Leve seu filho junto para as compras no supermercado e mostre os alimentos saudáveis, suas propriedades nutritivas e como elas contribuem para o seu bom crescimento. Essa interação estimula a criança e faz com que ela se sinta com vontade de obter tudo que há de bom desses nutrientes apresentados”, ensina.
 
Autor do livro "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses", o pediatra indica que os pais “brinquem” com o prato do seu filho, deixando-o colorido. O profissional explica que toda criança adora cor e isso também serve de estímulo, além de fazer da hora da refeição um momento mais descontraído. “Isso vale para receitas criativas também, em que os nutrientes são disfarçados em bolos e tortas. Primeiro ele experimenta, gosta e depois você diz do que é feito, comprovando que os alimentos saudáveis também são muito saborosos”.

Quanto aos alimentos considerados “proibidos”, como os sanduíches super calóricos das redes de junk food, os doces e os refrigerantes, o médico instrui que não é preciso privá-los totalmente, mesmo que seu filho esteja com sobrepeso ou obeso. “É o caso do valor calórico do pão e dos sanduíches prontos. Uma alternativa nestes casos é lançar mão de recheios menos gordurosos, como ricota, embutidos de aves, vegetais folhosos, tomate e queijo cottage”. ¹

Podemos contrariar os prognósticos da obesidade no Brasil, com uma alimentação mais saudável e a conscientização da necessidade da prática esportiva desde a infância. Mas isto depende também muito do esforço de pais e responsáveis”, diz o pediatra.

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria

O dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros, autor do livro "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses", é médico formado em 1974 pela Faculdade de Medicina do ABC. Especializou-se em pediatria na Unifesp/EPM, obtendo em seguida título pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Além de curso de especialização prática pela General Pediatric Service da University of California - Los Angeles (Ucla) e a participação em diversos simpósios do setor, dr. Sylvio atuou por quase 30 anos no Pronto Socorro Infantil Sabará e foi diretor técnico do Hospital São Leopoldo, cargo que deixou para se dedicar ao seu consultório, a MBA Pediatria, e à literatura médica para leigos. 

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK