Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A bicicleta e o transporte público
 
A bicicleta e o transporte público
08/03/2012 as 20:25 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
Os acidentes com bicicletas voltaram à ordem do dia. Ocorrem manifestação – as “bicicletadas” - em busca do respeito ao ciclista, e o tema repercute em diversos pontos do país, onde os condutores das “magrelas” frequentemente são vítimas na disputa de espaço com automóveis, ônibus e caminhões. Mas, mesmo com o grande numero de ocorrências e, setores da comunidade e até autoridades insistem em fazer a bicicleta voltar a ser um meio de transporte nas metrópoles. Ignoram que a preferência de décadas pelo veículo motorizado engoliu os espaços antigamente ocupados pelas bicicletas nas ruas e avenidas. O aumento da frota torna esses espaços insuficientes até para o próprio carro.

Os defensores da “bike” como meio de transporte argumentam que o veículo de propulsão humana é largamente utilizado na Europa, Japão e em outras partes do mundo. Mas se esquecem que nesses lugares há a tradição de se andar de bicicleta, nunca rompida como aqui, e o seu uso como meio de transporte é opção, não modismo. Também não se atentam para o rigor lá existente no trânsito, onde qualquer dos entes que comete infrações recebe pesadas multas e, dependendo da gravidade, por até ir para a cadeia. Ainda poderiam levar em consideração questões topográficas e de distância entre origem e destino. Andar de bicicleta pode ser saudável, econômico e até divertido, mas fazê-lo com segurança, depende de uma série de variáveis infelizmente ausentes no trânsito de nossas grandes e médias cidades.

Numa sociedade como a brasileira, onde além de meio de transporte o automóvel é considerado símbolo de status e poder, as ruas e avenidas foram preparadas exclusivamente para o veículo automotor. As bicicletas foram relegadas às condições de brinquedo de criança, transporte de trabalhador muito pobre e periférico, ou de  equipamento esportivo. Seu uso pela grande massa não é uma das prioridades brasileiras, apesar do esforço dos aficcinados e até da demagogia de governantes que implantam ciclovias inviáveis e perigosas.

No entanto, o grande fator de risco ao uso de bicicletas em nossas vias públicas não está no trânsito, mas na educação, tanto dos motoristas quanto dos próprios ciclistas. A má formação e a impunidade levam muitos dos condutores de automóveis, ônibus e caminhões a comportarem-se competitivamente no trânsito, agindo como verdadeiras bestas-feras. Mas muitos ciclistas, suas vítimas potenciais, não têm cabeça melhor. Fazem questão de trafegar na contramão, sobre calçadas de uso exclusivo de pedestres e cometem uma série de transgressões, na certeza de que não serão punidos. Na maioria das cidades brasileiras não há nem como multar um ciclista, pois não existe registro do veículo e nem do condutor. Ambos são informais.

Diante de tantos problemas, seria mais fácil os defensores da bicicleta, em vez de tentar impor o seu uso no caótico trânsito das cidades, exigirem das autoridades a implantação de meios eficientes e seguros de transporte público. O veículo de duas rodas, só para o lazer ou até o transporte em áreas menos críticas...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves
. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK