Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Histórico de mudanças na moeda do Brasil
 
Histórico de mudanças na moeda do Brasil
30/01/2012 as 22:56 h  Autor francisco castro  Imprimir Imprimir
A moeda, o dinheiro, é muito importante para a realização de compras e transações de toda natureza que envolvam pagamentos. A atual moeda vigente no Brasil, o Real, foi criada em 1994 juntamente com a implantação de um plano econômico que tinha como objetivo principal debelar as altas taxas de inflação que afligiam o país desde há algumas décadas. Os problemas com inflação atingiram o Brasil no decorrer de boa parte de sua história, o que fazia com que o valor da moeda diminuísse significativamente com relação aos produtos, serviços e moedas de outros países. Para amenizar os problemas causados por essa perda de valor da moeda geralmente recorria-se a criação de nova moeda com valor superior ao da moeda extinta.

No século dezenove a moeda brasileira foi mudada uma vez, em 07/10/1833 a moeda vigente até então, o Real (cujo símbolo era o “R”) passou para o Mil-Reis (Rs) que teve vigência até 31/10/1942. O Rs teve vigência até 31/11/1964 quando foi criado o cruzeiro (Cr$), um cruzeiro correspondia a mil réis. Em 1º de dezembro de 1964 eliminou-se os centavos. Em 13/12/1967 alterou-se novamente a moeda criando-se o Cruzeiro Novo (NCr$) cortando três zeros da moeda anterior e retornado-se com os centavos. Mas em 15/05/1970 (re) cria-se o Cruzeiro (Cr$) com o valor da nova moeda equivalente ao da anterior. Em 15/08/1984 houve nova alteração, dessa vez apenas com a eliminação dos centavos e mantendo-se a mesma moeda.

Em 28/02/1986 foi criado do Cruzado (Cz$) cujo valor unitário era equivalente a Cr$ 1.000,00. O Cz$ teve vigência até 16/01/1989, quando foi criado o Cruzado Novo (NCz$), nessa mudança de moeda cortou-se três zeros da moeda vigente anteriormente. Em 15/03/1990, foi criado (novamente) o cruzeiro (Cr$) mantendo-se o mesmo valor da moeda vigente anteriormente. Entretanto, em primeiro de agosto de 1993 foi criado o Cruzeiro Real (CR$), nessa mudança cortou-se três zeros da moeda anterior. Entretanto, essa mudança teve pouca duração. Em primeiro de julho do ano seguinte, onze meses depois, foi criado (novamente) o Real (R$). Cada Real era equivalente a CR$ 2.750,00. Esta é a última alteração de moeda em nosso país. Será que virão outras alterações?

Essa enorme quantidade de vezes em que a moeda brasileira sofreu alterações no decorrer do século passado é uma demonstração clara e cristalina como a nossa economia foi tão instável e sofrida apesar de ter experimentado períodos de altas taxas de crescimento do seu produto. O valor da moeda diminui com o aumento dos preços e os preços aumentam com os desequilíbrios da economia. É preciso que esse histórico de alterações de moedas não se repita no presente século. Desejamos que a nossa economia continue forte, crescendo, equilibrada e com preços e moeda estáveis.

Francisco Castro. Economista
http://www.franciscocastro.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
Nesse próximo sábado (27/11), a live no canal de Ananda Lima, será sobre a Literatura em Formosa do Rio Preto.
Os convidados são os escritores, Eromar Bonfim, Evadson Maciel e Arnone Santiago.
Todos falarão de suas obras publicadas e como a literatura influência em sua condição humana.
Conheça um pouco da potência criadora da região Oeste.
*****
Acesse o canal de Ananda Lima (https://youtu.be/zIPXxy4U1SI) e acompanhe essa e outras discussões que ocorrem todos os sábados, às 18 horas.
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK