Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Brasil, presidencialista ou parlamentarista?
 
Brasil, presidencialista ou parlamentarista?
07/12/2011 as 20:08 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
Embora tenha vigorado oficialmente só nos períodos acima, a influência parlamentar nos governos é inegável e, paradoxalmente, mais acentuada nos períodos democráticos. Nas ditaduras, os governantes portaram baionetas ou foram por elas controlados enquanto, na democracia, tornam-se reféns do parlamento e dos partidos políticos. Mesmo sem terem a missão constitucional de governar, senadores, deputados, vereadores, cabos eleitorais e até simples partidários pressionam o Executivo e tiram escandalosas vantagens. A história nos mostra o jogo bruto do poder, através de desfechos trágicos como o suicídio de Vargas, a renúncia de Jânio e o impeachment de Collor.

A alta ingerência político-partidária, faz a imagem ruim tanto dos governos quanto dos políticos. Os governantes, invariavelmente, não conseguem fazer a máquina pública funcionar porque, para garantir o apoio parlamentar e a governabilidade, são obrigados a distribuir cargos a cabos eleitorais, muitos dos quais apenas recebem salários mas não trabalham ou ainda fazem pior, metendo-se em falcatruas como as que vemos frequentemente estampadas nos meios de comunicação. E o povo, imobilizado,  assiste a tudo sem nada poder fazer a não ser, aumentar, casa dia mais, sua aversão à classe política. Mas só o sentimento negativo não resolve o problema.

Para o bem da Nação, os governantes – presidente, governadores e prefeitos – não podem mais continuar reféns dos políticos profissionais e de suas agremiações. Mercê de tanto vício e desmando, o sistema presidencialista brasileiro, há muito tempo dá mostras de esgotamento. Talvez seja melhor buscarmos solução no parlamentarismo. Já que a classe política faz questão de governar, que seja ela  chamada a fazê-lo oficial e não oficiosamente. Constitua-se um ministério (ou gabinete) onde cada partido da coalisão governamental tenha suas responsabilidades definidas e responda por elas. Um sistema onde um governo que não estiver dando certo receba o voto de desconfiança e termine antes do tempo, sem que haja ruptura constitucional e que também os parlamentares possam terminar o mandato antecipadamente se não estiverem agradando.

O Brasil é um grande país. Possui economia vigorosa, resultante do trabalho da  massa empresarial que aqui se formou. Mas precisa resolver a grave questão de governo e administração pública. Tem de encontrar um meio seguro e eficiente de cuidar do bem publico, proteger os empreendedores e a população e mantê-los a salvo dos abutres que tradicionalmente exploram e infelicitam a Nação. Só assim o povo se sentirá feliz...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo)/aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK