Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A Nação e a presença militar
 
A Nação e a presença militar
27/10/2011 as 17:57 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
A existência de plantações de coca e de laboratório de refino encravados na faixa de fronteira da Amazônia peruana e brasileira, e a presença de traficantes mexicanos na área, já identificadas pelos serviços de informações das polícias e dos exércitos são a indicação clara de que o Estado brasileiro se faz presente na área, mas precisa reforçar ainda mais a sua ação, com serviços efetivos de ocupação e assistência à população para evitar que os negócios criminosos assumam o controle. Prevenir, certamente, será menos oneroso do que futuramente reprimir.

Quando leva aos senadores essas informações e a preocupação com os movimentos na fronteira, o general Villas Boas cumpre o seu dever e presta um grande serviço à Nação. Bastará, agora, que o governo, por seus meios – inclusive o próprio Exército – desenvolva na área atividades enérgicas e eficientes que desencorajem os cocaleiros de entrar em nosso território. Isso se faz, entre outras coisas, reforçando a presença do Estado e oferecendo os serviços básicos para a população viver regularmente e “ter o que perder” se vier a envolver-se com atividades criminosas.

A presença das Forças Armadas tem sido fundamental ao país. As expedições do marechal Rondon, os batalhões de engenharia, as ações sociais junto às populações vulneráveis, o correio aéreo e a própria fixação de fronteiras são obras que construíram o Brasil de hoje. Os militares e suas ações fazem a integração nacional. Suas informações, colhidas em campo e devidamente processadas, são instrumentos importantes e seguros para abastecer os governos dos diferentes níveis e promover o bem-estar geral.

A ação militar transcende fronteiras. Além de suas obrigações constitucionais, os exércitos, marinhas e aeronáuticas de todo o mundo têm missões adicionais, que fazem parte de sua essência e natureza. Em tempos de paz fazem tudo para mantê-la, prestam serviços às populações e servem aos governos, mas precisam sempre estar preparadas para a guerra. Se, um dia, a guerra acontecer, a obrigação de defesa nacional é dos militares. Daí a necessidade de manter uma estrutura de informação bem organizada, atualizada e constantemente ativa...
 
Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK