Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Os benefícios (e os riscos) da internet
 
Os benefícios (e os riscos) da internet
05/08/2011 as 17:09 h  Autor tenente dirceu  Imprimir Imprimir
A invasão de serviços da rede hoje existente pode ser bem comparada ao grampo nos telefones de antigamente. Bisbilhoteiros ou desordeiros invadem a privacidade das comunicações e criam embaraços aos seus titulares. O folclore político diz que Tancredo Neves era avesso às conversas no telefone. Teria, inclusive, dito que “telefone serve no máximo para marcar encontro, de preferência no lugar errado”, numa clara referência à possibilidade da quebra, até criminosa, do sigilo. Outras figuras proeminentes da vida nacional também são citadas como avessas à conversa ao telefone. Mas, se vivessem hoje, certamente teriam o mesmo cuidado em relação à internet, às câmeras de celulares e a outras facilidades de comunicação agora disponíveis.

O microcomputador, na concepção atual, somado à internet e aos instrumentos que interagem com o sistema, transformaram a vida da sociedade. As distâncias foram vencidas pela comunicação eletrônica e instantânea e abriu-se um enorme leque para a difusão de cultura, educação, arte, notícia, comércio, serviço bancário e tudo o mais que se resolver veicular. Também foram lançados à obsolescência a máquina de escrever, a carta e até o telefonema tradicional, pois as pessoas podem hoje se comunicar instantaneamente e com imagens entre os interlocutores. Os governos e as empresas se beneficiaram porque têm mais esse eficiente canal para se comunicar com o seu público-alvo. Mas, como tudo, há o problema da utilização indevida ou criminosa.

A própria vida é um perigo, pois todos os que vivem correm o risco da morte. Usar o automóvel é um risco de acidente. Sair à rua é arriscar-se a vários problemas. Usar a eletricidade é um risco de levar choque. Telefonar é expor-se à possibilidade de grampo. Todas as ditas modernidades, ajudam o homem a viver bem, mas têm seus riscos. A informática e a internet não são diferentes. Assim como os demais instrumentos, exige cuidados dos seus usuários e vigilância das autoridades.

O usuário não pode descuidar-se e nem negligenciar no uso dessas facilidades. Espera-se que juristas, Congresso e Governo sejam capazes de criar as salvaguardas que necessitamos para termos segurança no meio eletrônico. Mas não precisam exagerar como aquele ministro que, dias atrás, anunciou o propósito de contratar “hackers” para cuidar da informática do governo. Seria o mesmo que chamar Marcola e Fernandinho Beira-Mar para ajudar na segurança pública. Não dá...
 
Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves. Dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

O escritor foi e ainda é, para as crianças que estão começando a descortinar o infinito horizonte da palavra, algo inatingível, meio mágico, talvez mítico.Isso, dito por elas mesmas. A criança é naturalmente curiosa, sedenta de conhecimento e experiência, e ficar cara a cara com...
Na civilização humana, em todos os tempos as gesticulações passaram a simbolizar determinados comportamentos e construir significados diversos para cada sociedade e para cada povo. Gestos humanos servem tanto para simbolizar comportamentos positivos, bem como...
https://www.novoeste.com/uploads/image/artigos_gaudencio-torquato_jornalista-professor-usp-consultor-politico.jpgHoje, tomo a liberdade de fazer uma reflexão sobre a vida. Valho-me, inicialmente, de Sêneca com seu puxão de orelhas: “somos gerados para uma curta existência.  A vida é breve e a arte é longa. Está errado. Não dispomos de pouco tempo, mas desperdiçamos muito. A vida é longa...
A presidenta do Instituto Justiça Fiscal aponta o falso dilema para a escolha eleitoral de 2022 e indica as fontes de custeio para vencer o quadro desolador de fragilidade da maioria do povo brasileiro. A próxima eleição, se ocorrer, certamente exigirá muito de nós. Mas não será uma escolha difícil. Para começar, terceira via não existe! Ou melhor: existe, em Bolsonaro. Este, que pode parecer insano, sádico, intratável, joga o jogo e...
A Constituição Cidadã erigiu a dignidade da pessoa humana como seu fundamento, ao lado da soberania, cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Trata-se, portanto, de um dos pilares que legitimam o Estado Social e Democrático que fundou....
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK