Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Os grandes desafios dos serviços públicos de saúde no Brasil
 
Os grandes desafios dos serviços públicos de saúde no Brasil
26/07/2011 as 20:43 h  Autor francisco castro  Imprimir Imprimir
Muitos recursos tem sido gastos objetivando o atendimento às necessidades de serviços de saúde da população, entretanto, o que se observa são os péssimos serviços oferecidos pela imensa maioria dos municípios brasileiros. Essa ineficiência não fica restrita somente aos serviços oferecidos pelos municípios, as mais diversas Unidades de atendimentos dos Estados e da União também são exemplos de falta de meios e respeito para com a população que necessita desse tipo de atendimento. É verdade que muitas iniciativas de cunho altamente necessário, tais como os vários programas da saúde da família, saúde do homem, a campanha que vida a prevenção e alerta do uso de crack, entre muitos outros devem ser louvados, enaltecidos e incentivados.  Mas, é preciso fazer muito mais para que a falta de atendimento digno nos hospitais públicos deixe de ser uma rotina.

Tendo o acompanhamento contínuo e sistemático das famílias além de prevenir muitas doenças pode descobrir as enfermidades no início tendo menor tempo para a cura e um custo muito menor, tanto em termos de recursos quanto em termos de sofrimento. Existem mais de 600 mil usuários de crack a iminência de morrem ou adquirirem doenças mais graves. De cada três pessoas na fase adulta que morrem, duas são homens. Por isso da necessidade de programas como esses. A essencialidade e a urgência de prover recursos para esses e outros programas são indiscutíveis. Ao mesmo tempo, é importante que os profissionais da área da saúde sejam preparados para oferecer um tratamento humano mais adequado para os pacientes. Os descasos com as pessoas ainda são facilmente encontrados nessa área pelo Brasil a fora.

Há necessidade premente de se fortalecer com mais recursos todos os programas da área da saúde, equipar os hospitais, as Unidades Básicas de Saúde e outros estabelecimentos apropriados para atender aos pacientes, ter medicamentos disponível e gratuito para os que não podem comprar sempre que o médico recomendar o seu uso. Além disso, é necessário contratar muito mais pessoas e com maior preparação, pagando-lhes maiores salários, enfim, é preciso que os recursos físicos e humanos sejam disponibilizados para que as pessoas sejam atendidas com a maior decência, eficiência e respeito possível sempre que precisarem de atendimento médico no setor público brasileiro. Infelizmente, os recursos disponíveis ainda são muito pouco. Em 2009, por exemplo, a União, os estados e os municípios gastaram juntos R$ 125 bilhões com serviços de saúde, representando 3,98% do PIB. Nesse mesmo ano, a Espanha gastou 6,3% do seu PIB com serviços públicos de saúde, a França gastou 9%, a Inglaterra 7,5%.

O principal desafio é conseguir aumentar os recursos para a área da saúde e executá-lo de forma segura e eficiente. Elevar o número de leitos e atendimento de boa qualidade nas cidades e regiões mais distantes. Infelizmente, a escassez de serviços médicos especializados nas cidades menores de 50 mil habitantes é muito grande, quanto menor a cidade e mais distante dos grandes centros mais difícil fica encontrar um bom atendimento médico. Em qualquer Unidade da federal, o maior gasto corrente é da saúde e deve ser assim, mas é preciso aumentar ainda mais. É muito triste presenciar ou ver pela mídia pessoas que não encontraram guarida, respeito e nem atendimento adequado em alguma Unidade de saúde pública no Brasil elevando o sofrimento para além do que já é proporcionado pela enfermidade. Em muitos e muitos casos pessoas tem o quadro da doença agravado ou até morrem por falta de cuidados necessários. Fatos dessa natureza não podem ocorrer com nenhum ser humano que necessitem de atendimento em nenhuma Unidade de serviços públicos de saúde no Brasil.

Francisco Castro. Economista
http://www.franciscocastro.com.br 

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK