Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Meio de Comunicação/TV > BROTHER: ÚTIL OU INÚTIL?
 
BROTHER: ÚTIL OU INÚTIL?
20/01/2011 as 09:51 h  Autor administrador  Imprimir Imprimir
O programa Big Brother inspira-se no livro 1984 do escritor britânico George Orwell (1903/1950), que fala sobre uma época "fictícia", onde todos estariam submetidos a forma máxima de ditadura, nunca dantes conhecida na nossa realidade. As pessoas estariam todas sujeitas a 24 horas de observação pelo Partido, através de aparelhos (câmeras) que transmitiam e recebiam chamados "teletelas". A figura máxima reverenciada pela sociedade era o "Grande Irmão", "Big Brother", daí o nome do programa Big Brother Brasil.

O livro faz uma crítica ao Socialismo autoritário da antiga U.R.S.S (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) que se dissolveu em 1991 acabando com o chamado Socialismo real. O "Grande Irmão" seria Stalin, o presidente (ditador) desta superpotência na primeira metade do século XX.

O formato do programa é uma versão mercadológica do romance de Orwell que apresenta a dinâmica da vigilância através das câmeras e controla todos os passos dos participantes que devem, na maioria das vezes, dissimular, para parecerem merecedores do prêmio.

O fato mais interessante de todo esse processo é a audiência que esse tipo de programa tem e o número de pessoas que votam para eliminar os candidatos que estão no "paredão", não mais o "paredão" que significava a morte (leiam o livro), mas a eliminação da casa e a ida para o mundo dos holofotes, revistas femininas, masculinas, programas dominicais, propagandas e toda a farra que a mídia pode fazer para ter audiência.

Eis algumas questões que não querem calar: Qual a utilidade de um programa como esse? O Big Brother agrega o quê? Apresenta o que de positivo para as nossas vidas? O que podemos ganhar assistindo as brigas, tramas e dissimulações dos participantes desse programa? Será que o lucro não vai apenas para a emissora que ganha com audiência e ligações e para a publicidade envolvida.

Sugestões de filmes e livros para reflexão sobre o tema proposto


ORWELL. George. A Revolução dos Bichos. 38. Ed. São Paulo, Globo, 1993.

 ­­­­­­­­­­­­_____________. 1984. Rio de janeiro. Nacional, 1975.

A Ilha, Direção: Michael Bay, EUA: 2005.

V. de Vingança
, Direção: James McTeigue, Alemanha/EUA, 2005.

A Revolução dos Bichos, Direção:  John Stephenson, Inglaterra, 1999.

Grande Ditador. Direção: Chaplin, EUA/1940.

Ivandilson Miranda Silva. Graduado em Filosofia Pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL), Especialista em Metodologia do Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação Pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Mestrando em Cultura e Sociedade Pela FACOM-UFBA, Professor de Filosofia e Sociologia na Fundação Baiana de Engenharia (FBE), Professor da UNIME-PARALELA.

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK