Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Notícias/Eleições 2020 > As eleições no Brasil! Festa da democracia? Qual democracia?
 
As eleições no Brasil! Festa da democracia? Qual democracia?
01/10/2010 as 10:27 h  Autor administrador  Imprimir Imprimir
Desde o fim da ditadura com o processo de redemocratização do país essa será a sexta eleição para os cargos acima mencionados. Isso revela o quão nova é a nossa democracia. Mas, mais grave do que a nossa recente democracia institucional, é o fato dela começar e/ou recomeçar tão fragilizada, limitada e precária. Uma democracia fraudada pelos estelionatos eleitorais, pelo poder econômico e/ou pela simulação de democracia e/ou de práticas democráticas, sobretudo, pela MÍDIA BURGUESA.

Olha só, são nove candidaturas à Presidência da República: Os valorosos e combativos companheiros da esquerda que não se rendeu e não se vendeu e que merecem sim a reflexão se merecem ou não o nosso voto: Ivan Pinheiro (PCB 21), Zé Maria (PSTU 16), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL 50) e Rui Pimenta (PCO 29). Além de Dilma Rusself, Jose Eymaell, José Serra, Levi Fidelix e Marina Silva.

Quantas (os) dessas (es) participaram dos debates promovido pela nossa democrática mídia burguesa? Quantos dessas (es) obtiveram a mesma cobertura e apresentação de suas campanhas com o mesmo tempo? Por que todos eles não tiveram o mesmo tratamento que as candidaturas milionárias tiveram, já que há democracia no Brasil e a mídia se diz guardiã dela? Se há democracia no Brasil e se queria se favorecer o fortalecimento dela e ajudar a/o eleitora (o) a escolher melhor suas/seus representantes, não se faria isso com mais êxito e eficácia dando o mesmo tempo nas entrevistas, convidando a todas (os) para participarem dos debates, com financiamento totalmente público de campanha, com tempo igual na propaganda eleitoral...?

É para isso que se quer liberdade de imprensa? Para manipular, conturbar, deturpar e omitir os fatos e as instituições? Qual liberdade de imprensa se deseja? A de dizer e anunciar aquilo que está de acordo com o que defende meu grupo político e/ou a minha família que é detentora dos meios de comunicação no Brasil? Para publicar a opinião de meu seleto grupo político e/ou de minha família detentora das concessões públicas da comunicação e dizer que essa opinião publicada é opinião pública?

São esses mesmo meios de comunicação que omitem, deturpam, conturbam e manipulam os fatos e as instituições que acusam Hugo Chaves, Evo Morales, Rafael Correa, Fidel Castro e Cristina Kirchner de cercear e ameaçar a democracia e a liberdade de imprensa! Com que moral, com qual respeitabilidade, coerência, credibilidade e dignidade falam e veiculam isso nas suas rádios, TV’s e jornais impressos?

Nessa eleição houve muita chiadeira por parte da mídia burguesa sobre uma suposta ameaça da democracia e da liberdade de imprensa no Brasil. Vale lembrar que essa mesma mídia burguesa e/ou as famílias e/ou grupos que dominam os meios de comunicação no Brasil, são as/os mesmas (os) que a exemplo da Família Marinho estavam do lado daqueles que implantaram a censura e a ditadura nesse país. Aliás, só chegaram aonde chegaram por isso. Enquanto o povo estava na rua enfrentando as armas de fogo, a truculência, sendo torturados, presos, mortos, exilados, levando choque na vagina ou no pênis, tal como aconteceu com a candidata Dilma Rusself, lutando pela democracia nesse país, os donos dos meios de comunicação no Brasil capitaneados pela Rede Globo de televisão estavam do lado daqueles que implantaram esse terror no Brasil. Enquanto o povo estava nas ruas pedindo liberdade e democracia, a Família Marinho apresentava Roberto Carlos mandando que tudo mais fosse para o inferno. Ou seja, os que acusam a esquerda de anti-democrática e de querer cercear a liberdade de imprensa, foram os que historicamente fizeram e ainda fazem de maneira velada isso no Brasil. Pergunte a um funcionário da TV cultura como o candidato José Serra age na TV!

O que mais me entristeceu nessa eleição foi constatar que instituições seríssimas com uma história de luta pela radicalização da democracia no Brasil, se comportaram da mesma maneira que a mídia burguesa. Instituições tais como a Conferência Nacional dos Bispos no Brasil - CNBB e as Redes Católicas de Televisão. Digo isso com o coração católico, apostólico e romano, fã de sua Santidade o Santo Padre o Papa Bento XVI, um coração trespassado. E acredito que o nosso falecido e querido D. Helder Câmara assisti a isso muito triste, não só ele como os tantos outros bispos de sua mesma linha ideológica e postura política e CRISTÃ.

Outro fato que merece nossa reflexão são os valores gastos pelas campanhas. Digo isso porque estou plenamente convencido que numa eleição o que deve prevalecer são as idéias, as propostas, as virtudes e a vontade política de quem se dispôs a implementá-las. Se é assim qual a razão de se gastar R$190 milhões numa campanha? Por que é necessário gastar R$190 milhões, se o que vale ou pelo menos deveria valer são as idéias, as propostas, as virtudes e a vontade política de quem se dispôs a implementá-las? R$190 milhões num país de 190 milhões de habitantes corresponderia a 1 milhão de reais para cada habitante! É justo gastar R$ 190 milhões em uma campanha num país que milhares de pessoas passam fome? É a democracia do poder econômico!

E por fim me marcou muito a divulgação e encomendação das pesquisas. Qual o interesse real dos meios de comunicação em encomendar pesquisas? É pelo fato das pessoas ficarem curiosas e quererem saber quem está na frente? Qual o verdadeiro interesse e temor da mídia burguesa, que a faz encomendar várias pesquisas?

Num cenário desses de omissão, deturpação, conturbação, manipulação dos fatos e das instituições, de falta de imparcialidade da mídia burguesa e de interferência do poder econômico-poder do dinheiro é possível as pessoas exercerem o direito historicamente conquistado com muita luta com plena consciência?

Depois de feita essa reflexão sugiro a você que entre no site dos respectivos candidatos que não obtiveram o mesmo tempo na televisão, rádio e jornal impresso e analisem as propostas, a trajetória política, histórica e o perfil dos mesmos:

Ivan Pinheiro (PCB 21) (http://www.pcb.org.br/portal/)
Zé Maria (PSTU 16) (http://www.pstu.org.br/)
Plínio de Arruda Sampaio (PSOL 50) (http://plinio50.com.br/)
Rui Pimenta (PCO 29) (www.pco.org.br)
José Eymaell (PSDC 27) (http://www.psdcbrasil.org.br/)
Levi Fidelix (PRTB 28) (http://www.levyfidelix.com.br/)

Claudio Roberto de Jesus
Diretório Acadêmico de Pedagogia - DAPed (UNEB)
Partido Socialismo e Liberdade - PSOL/Barreiras

Comente via Facebook
Mais Artigos
No h comentrios.
img
img
RSS  Artigos Artigos

Embora pensada para se opor à polarização entre direita e esquerda nas eleições presidenciais, a candidatura de terceira via, se ocorrer, favorecerá Lula e atrapalhará Bolsonaro. Por natureza, o eleitorado de esquerda comparece incondicionalmente às urnas e vota no candidato da tendência, mesmo...
Em evento de filiação ao Podemos e com discurso político, Sérgio Moro traz à tona sentimentos e projeções variadas acerca de seus objetivos políticos. Símbolo maior da Operação Lava Jato quando juiz, superministro do Governo Bolsonaro, trabalhador da iniciativa privada nos EUA, enfim, uma trajetória já assaz atribulada nos últimos anos e, agora, uma pré-candidatura, ao que tudo indica para a Presidência, em 2022, mas não...
O partido que desfralda a bandeira da socialdemocracia e adota um tucano como símbolo, o PSDB, está em frangalhos. Quando foi criado em 1988 era a esperança de o país pela trilha de uma nova política, amparada no conceito do Estado comprometido com o bem estar social e aberto aos...
O cipoal de leis que restringe a liberdade individual deve ser censurado. Característica principal dos sistemas socialistas anacrônicos e até mesmos dos híbridos, a hegemonia de leis que restringe a liberdade individual vem contaminando o progresso geral. A liberdade é instrumento de construção e de evolução meteórica mais consistente dentro dos sistemas viáveis de construção da sociedade humana. Os dois caminhos experimentados pelas...
A Caridade é o centro gravitacional da consciência ideológica, portanto, educacional, política, social, filosófica, científica, religiosa, artística, esportiva, doméstica e pública do Cidadão Espiritual. Desse modo, se o ser humano não tiver compreensão dela, deve esforçar-se para entendê-la, a fim de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img



img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças. A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável...
Por meio da personagem Malu, as escritoras e letrólogas paulistas Nanda Mateus e Raphaela Comisso dialogam com as crianças sobre diversidade familiar e desmistificam a homoparentalidade. Nanda Mateus trabalha com educação e inovação em tecnologias para...
Existem músicas para os momentos felizes, tristes e até aquelas que marcam datas especiais, mas para Melody King é diferente: as canções são uma consequência — infelizmente incontrolável — de uma rara doença. As dificuldades em lidar com as embaraçosas situações,...
img
img
RSS  Top Vdeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img
img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK