Os periquitos chegam para comer as cenouras
04/05/2017 17:36 - Editoria
Garis do atual governo uniformizados de verde (periquitos). Todos com equipamentos
de segurança adequados e com seus
direitos trabalhistas garantidos

Na manhã do último sábado, 22/04, o prefeito Zito Barbosa e comitiva, lançaram no parque de exposição, a campanha Barreiras mais bonita e mais humana. Na oportunidade foi esclarecida qual a abrangência do projeto e a que limite quer chegar.

O programa engloba todas as ações de governo em relação ao sistema de limpeza pública, como coleta de lixo, varrição, pintura de meios-fios, poda, roçagem, capina, iluminação, requalificação e concepção de praças, além de ocupação de espaços públicos na cidade.


João Sá Teles, secretário municipal de Infraestrutura

A humanidade se desenvolveu ao longo dos tempos e até hoje não sabe o que fazer com o lixo que produz. Com esta argumentação, o secretário municipal de infraestrutura, João Sá Teles, iniciou o seu discurso quando da apresentação do programa Barreiras mais bonita e mais humana. Ele lembrou que o governo Federal deu o prazo para as cidades construírem seus aterros sanitários, de acordo com as leis ambientais que regulam o setor, até o final do ano passado, porém, nem todos os municípios o fizeram; caso de Barreiras, por exemplo.

Agora, a empresa ganhadora da licitação para tal processo, a MM Limpeza Urbana, será a responsável pela coleta de lixo, pintura de meios-fios, varrição, iluminação, capina e poda das árvores da cidade, além de estar prestando a atenção nas questões ambientais que envolvem o nosso município. A empresa também deverá zelar pelos seus colaboradores, oferecendo equipamentos de segurança como luvas, bonés com aba tira sol, máscaras, botinas e a roupa e prestar serviços sociais como a realização de campanhas educativas junto à população, no sentido de elucidar os horários de coleta do lixo e o tipo ideal de embalagem para a deposição dos resíduos.

A vice-prefeita, Karlúcia Macêdo lembrou que “a cidade cresceu de maneira rápida e desordenada e, por isso mesmo, existem ruas em que o carro de lixo não consegue trafegar. Esta questão já está sendo solucionada pela atual administração com a requalificação das ruas e avenidas da cidade”, frisou. Ela ainda esclareceu que “a população também tem que fazer sua parte, sabendo como e onde depositar seu lixo para ser corretamente coletado”.

Já o prefeito Zito Barbosa enfatizou o cuidado que a atual administração tem com seus colaboradores e também com o destino do dinheiro público. Ele disse que “esse é o desejo que temos de ver a mudança acontecer e nós vamos continuar nesse ritmo de trabalho, seja com a requalificação do asfalto nas ruas, seja com a limpeza delas. É isso que nós queremos para Barreiras e, todos vão ver, durante este mês de maio, a diferença na limpeza da cidade”, garantiu.

Zito também deu certeza da construção de um aterro sanitário à altura que Barreiras merece e de acordo com as normas técnicas do Ministério das Cidades, até o final do corrente ano. “Temos que cuidar do nosso solo, subsolo, lençol freático e tudo o mais que corresponde ao meio ambiente. Por isso, queremos implantar, ainda este ano, o aterro sanitário, para fazermos todo correto quanto ao lixo produzido em nossa cidade. Tenho a certeza de que vamos conseguir fazer as mudanças necessárias que Barreiras precisa. Vamos fazer mais do que o povo está esperando, esta é a nossa meta”, concluiu.

Garis da gestão anterior uniformizados de laranja (cenouras). Todos sem equipamentos
de segurança adequados
e sem seus direitos trabalhistas garantidos

Os antigos garis – cenourinhas, como eram carinhosamente chamados pela população - eram apenas contratados, mas, com a nova empresa eles ganharam a benesse de ter a carteira de trabalho assinada, o que lhes garante a proteção da lei e assegura seus direitos trabalhistas. Danilo Rodrigo, gari há três anos, nos disse que “agora melhorou muito, antes cumpríamos apenas um contrato e não tínhamos direito algum e, hoje, nos sentimos mais seguros com a carteira assinada. Em caso de demissão, por exemplo, teremos o amparo da lei para garantir os nossos direitos”, observou.

Veículos zero quilômetro

De fato, a cidade estava precisando de um serviço de limpeza urbana de excelência e, ao que tudo indica, esta nova empresa, com os veículos zero quilômetro e todo o equipamento de segurança para os garis em dia, parece estar apta a realizar o serviço com muita maestria. Vamos ver daqui pra frente. Vale lembrar que o novo uniforme dos garis é verde, em substituição ao laranja da empresa anterior. Os periquitos estão chegando para comer as cenouras.

Por Demetrius Macêdo
Repórter Interbairros
http://www.novoeste.com/index.php?page=destaque&op=readNews&id=28902&title=Os-periquitos-chegam-para-comer-as-cenouras