Aprovados passe livre para deficientes em transporte intermunicipal e doação de terreno à UFRB
Data 10/04/2012 as 21:08 h  Autor Editoria  Vezes 2649  Imprimir Imprimir

Depois de muito debate, o Projeto de Lei 19.585/2011, que trata da gratuidade do transporte intermunicipal para deficientes, foi votado de forma pactuada entre deputados da Bancada do Governo e da Oposição, que estiveram afinados na votação da dispensa de formalidade na semana passada a fim de dar celeridade à votação do PL. Assim, a matéria pôde ser apreciada de forma definitiva já nesta terça-feira (10).

De acordo com o líder da maioria, deputado Zé Neto (PT), a proposta era a de que até este mês de março os debates fossem aprimorados. “Como os debates foram aprimorados, hoje pudemos dar mais um passo decisivo em uma política de estado, reconhecida pela Oposição, que representa o anseio daqueles que foram muito massacrados e que hoje acabam aos poucos tendo seus espaços e direitos respeitados”, comentou o parlamentar.

O líder do Governo ainda disse que esta votação representa um passo decisivo para colaborar na evolução e nos ganhos dos direitos dos deficientes, já que ao estabelecer o passe livre assegura-se o direito de ir e vir e mais oportunidade para que essas pessoas participem da sociedade.

Hoje é um dia de muita alegria e afirmação do objetivo real do Poder Legislativo. Essa votação consagrará um projeto debatido com aqueles que representam os deficientes no estado, com os deputados e com aqueles que têm interesse nessa causa”, afirmou Zé Neto ao parabenizar ao Governo do Estado e aos colegas parlamentares pela sensibilidade.

Sobre a polêmica de perdas por parte das empresas, Zé Neto disse que isso não ocorrerá. “Haverá concessões e não perdas por parte das empresas que possuem responsabilidade social”, afirmou.

O relator agradeceu a Zé Neto “por seu empenho e responsabilidade com a qual se debruçou sobre esse projeto, demonstrando seu respeito pelos deficientes”. Para Bira Corôa, este projeto “reafirma o comprometimento do Estado da Bahia em promover os direitos humanos e liberdades fundamentais de todas as pessoas com deficiência de natureza física, intelectual ou sensorial, buscando evitar qualquer diferenciação, exclusão ou restrição baseada em deficiência”.

Legitimando o trabalho desempenhando pelo Legislativo baiano, o secretário Estadual da Justiça Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena, esteve presente na sessão plenária, que também foi acompanhada de perto pelos deficientes. Quebrando o protocolo, o presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT), permitiu que os beneficiados tivessem assento no plenário.

O próximo passo é a sanção do PL pelo governador Jaques Wagner. O Governo do Estado regulamentará esta Lei no prazo de 120 dias, a partir da data de sua publicação.

Gratuidade - O Governador Jaques Wagner encaminhou o PL 19.585/2011 em novembro de 2011 à Assembleia Legislativa e, deste então, segue em discussões na casa. Fruto da luta de mais de sete anos do Conselho Estadual de Direito da Pessoa com Deficiência (Coede), o projeto busca igualdade de condições, já que muitos deficientes não podem trabalhar ou trabalham ganhando menos, o que configura uma baixa renda pessoal. Segundo o documento, entende-se por pessoas com deficiência aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial.

Doação de terreno à UFRB – Com relatoria da deputada Neusa Cadore (PT), o 19.704/2012 também foi aprovado. Assim, o Poder Executivo vai poder doar à Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB, um terreno de mais de 1,3 milhão de hectare na cidade de Cruz das Almas. A área será destinada à implantação da sede da Universidade para ministrar cursos, desenvolver pesquisa nas diversas áreas do conhecimento e promover a extensão universitária.

Ascom Deputado Estadual Zé Neto (PT)
Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img
img
img


img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img
img
RSS  Artigos Artigos

Outrora orgulho nacional, com obras espalhadas pelo mundo, as empreiteiras brasileiras aparecem hoje como vilãs e indutoras da corrupção. Tanto que seus dirigentes e executivos estão presos, alguns já condenados e outros certamente se complicarão por terem...

Gosto de música. Gosto de muitos tipos de música e gosto, principalmente, de música clássica. Por isso, vou a concertos, sempre que posso. E lá me sinto em casa, seja aonde for. Assim que o concerto inicia, assim que a música começa a entrar pelos meus ouvidos e invadir todos...


O Brasil tem um sistema bem peculiar de regulação de suas desigualdades. Quem aceita seu sistema e com ele convive tem duas opções: 1) mamar privilégios no serviço estatal, ou 2) sustentar com muito suor e salários baixos no setor privado os privilegiados. Aqueles que recusam a tomada de parte neste...
Ricardo Pessoa (UTC/Constram) afirmou em delação que o dinheiro dado para as campanhas eleitorais (do PT, PMDB, PSDB, PP etc.) era proveniente de corrupção (e outros crimes), sobretudo decorrente do escândalo da Petrobras. Disse ainda que uma parte das “doações” era...

Uma das mais conhecidas poesias do francês Arthur Rimbaud inicia: "Ociosa juventude/a tudo escravizada/por delicadeza/eu perdi minha vida". O poeta faz referencia à sua própria adolescência e às perdas havidas como resultado de más escolhas, consequência da delicadeza, na verdade constrangimento - que...
img
img


img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
A série Teses e Dissertações tem trazido a público trabalhos de pesquisa dos programas de pós-graduação da UNEB e chega agora ao seu 6º volume: TRABALHO E POLÍTICA NO BRASIL (do aprendizado do Império aos sucessos da Primeira República) do...
Isadora, sua camisola La Perla e a BR”, livro da jornalista Catarina Guedes, está em lançamento de sua versão impressa pela Editora Kalango, com Noite de Autógrafos na Livraria Cultura, no Salvador Shopping, dia 24 de Julho (sexta), a partir das 19h. “Isadora, sua Camisola La Perla e a BR” é o romance de...
O escritor Xikito Affonso Ferreira acaba de lançar a biografia Histórias do Meu Avô Tristão (Azulsol), sobre a vida de Alceu Amoroso Lima, o intrigante Tristão de Athayde. A obra se destaca pelo cuidado do autor em recriar os cenários político, religioso, social e cultural nos quais...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img