Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Dicas de Leitura > >
 
Ovelha - Memórias de um pastor gay
08/09/2015 as 15:04 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
Um pastor gay revela as suas memórias. A Geração Editorial realizará uma 'pocket action', na próxima quarta-feira com deputados federais e senadores.

A ação tem como tema principal o obscurantismo que se transformou a casa do povo e a divulgação do livro Ovelha, memórias de um pastor gay.

Essa situação parecia impensada, depois de avanços nos direitos sociais nos últimos 12 anos.

A pauta deste anos dos congressistas se transformou numa volta a Idade Média.

O livro de estréia do paranaense Gustavo Magnani, de apenas 20 anos, está dando o que falar. Alguns críticos o colocaram como umas das grandes revelações da literatura nacional. Outros estão ignorando o livro da capa preta. Ovelha, memórias de um pastor gay é uma ficção. Precisa, incomoda e cruel com os novos mercadores da fé.

Gustavo provoca numa escrita precisa, curta e verborrágica. Judia do senso comum, apresenta um homem no leito de morte que pecou a vida toda.

Os congressistas/pastores precisam conhecer essa obra-prima. Sem pretensão de bater recordes de vendas, sem maltratar o mundo evangélico, o jovem Magnani transformou uma história pitoresca num ponto de reflexão. A fé é comercial, cínica ou espiritual? O seu personagem abre a boca e toca em pontos sensíveis do atual mundão neopentecostal.

A ação será realizada simultaneamente na Câmara dos Deputados e no Senado, a partir das 15horas. No mesmo dia às 19hs o autor estará na Livraria Cultura do Conjunto Nacional em São Paulo autografando seu livro.

A ação será realizada em parceira com a agência de promoção Boa Imagem Mídia.

Mais sobre o livro:

Autor: Gustavo Magnani
Gênero: Romance
Acabamento: Brochura
Formato:  15,6 x 23 cm
Págs: 232
Peso: 305g
ISBN: 978-85-8130-325-3
Preço: R$ 29,90

Sinopse:

Este livro, estreia impressionante de um jovem e talentoso escritor, é o relato pecaminoso de um decadente. A história de um homem religioso e carismático, temente a Deus, mas amante insaciável de sua própria carne exótica, a carne de outros homens.

Um pastor gay, casado com uma ex-prostituta, filho de uma fanática religiosa. Neurótico e depravado. E agora condenado. Internado no hospital, debilitado e com um segredo de uma tonelada nas costas, este personagem atormentado decide libertar-se de seus demônios e relatar seu drama.

Num relato cru e sem censura, ele literalmente vomita seus trinta anos de calvário e charlatanice na cara da congregação (e de qualquer um que se interesse por um bom inferno). Sexo, paranoia, corrupção e destruição são os ingredientes tóxicos dessa obra provocante, polêmica e inovadora.

Leia aqui o release

Baixe aqui o material que será entregue aos senadores e deputados.

Assimp Geração Editorial
imprensa@geracaoeditorial.com.br
Comente via Facebook

Mais Dicas de Leitura
img





img
RSS  Artigos Artigos

A proteção social deve perseguida como prioridade por qualquer sociedade que busca o desenvolvimento socioeconômico e a estabilidade política. No Brasil, ainda temos milhões de cidadãos que vivem desprotegidos e necessitam do sistema de seguridade e de previdência públicos, sem os quais os impactos políticos, econômicos e sociais atingiriam a todos. O fato é que a grande maioria das famílias brasileiras não pode...
A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
Disse o Sérgio Moro de sempre, diante de um comentário do ex-presidente Lula sobre os desmandos da justiça, que não debateria “publicamente com pessoas condenadas por crimes”. É a cara dele. Acha-se no direito de tecer comentários sobre tudo e sobre todos, projetando-se...
Nos últimos três anos, a Petrobras, maior empresa brasileira, foi alvo de um processo sistemático de desmoralização. Como resultado, a companhia começou a ser esquartejada, com vários de seus ativos sendo vendidos sem nenhuma transparência, e o pré-sal, maior...
Virou moda atribuir a violência e a criminalidade à falta de policiamento ou aos métodos de trabalho empregados pela força policial. O tema já sustentou muitas campanhas eleitorais e serviu de instrumento para os agitadores sociais atingirem seus objetivos. Uns clamam por maior presença...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK