Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Dicas de Leitura > >
 
2015: um ano em que precisamos relembrar a ética
29/06/2015 as 17:21 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
O escritor Xikito Affonso Ferreira acaba de lançar a biografia Histórias do Meu Avô Tristão (Azulsol), sobre a vida de Alceu Amoroso Lima, o intrigante Tristão de Athayde. A obra se destaca pelo cuidado do autor em recriar os cenários político, religioso, social e cultural nos quais Tristão de Athayde construiu sua trajetória.

Escritor consagrado com assento na Academia Brasileira de Letras, fundador da PUC-RJ, crítico literário, professor, líder católico, intelectual, empresário, articulista... É difícil encaixar Tristão de Athayde em uma classificação.

Imune aos clichês, ele defendeu a fé e os valores católicos com a mesma convicção com que foi apoiador de primeira hora da Semana de Arte Moderna, em 1922, e tornou-se símbolo do intelectual progressista, quando, no período mais drástico da repressão, denunciou a censura, o desrespeito aos direitos humanos e o “desaparecimento” do jornalista Rubens Paiva (1971) e de outros ativistas políticos. “A trajetória de Alceu Amoroso Lima coincidiu com um dos períodos mais ricos e conflituosos da história do Brasil. Alceu encarna uma época, da qual foi expoente na literatura, no jornalismo e, sobretudo, em uma concepção libertadora da fé”, resume o escritor e religioso Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto.

Por sua importância, Tristão de Athayde sempre mereceu um lugar na história do País. E o ano de 2015 parece, enfim, reparar o desconhecimento das novas gerações sobre esse personagem símbolo de ética e retidão. O livro de Xikito é o terceiro de cinco títulos que serão publicados neste ano sobre Alceu Amoroso Lima e que se somam ao ciclo de palestras “O pensamento e a época de Alceu Amoroso Lima”, promovido pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc-SP.

Para o escritor Leandro Garcia Rodrigues, professor de literatura brasileira da Universidade Católica de Petrópolis, é interessante que o nome de Tristão de Athayde ressurja com intensidade nesse momento em que o País clama por ética e transparência. “Meu avô sempre se destacou pela integridade das suas convicções pessoais, políticas e intelectuais, o que lhe dava estatura moral para transitar pelos mais diferentes círculos”, concorda Xikito.
 
Histórias do Meu Avô Tristão
Autor: Xikito Affonso Ferreira
Editora Azulsol
Formato: 16 cm X 23 cm (fechado)
Número de páginas: 400
Preço sugerido: R$ 60
 
Sobre o autor
Xikito, como é conhecido Carlos Eduardo Affonso Ferreira (Buenos Aires, 1949), neto de Alceu Amoroso Lima, é autor também de Estarei Delirando? Memórias de Viagem (Miró Editorial, 2013). Escreveu Histórias do Meu Avô Tristão incentivado pela tia, a religiosa Tuca, e para dar conta do desafio precisou vencer o próprio receio de não estar à altura da erudição do avô. Durante 30 anos, acalentou a obra, que agora prova que ele e Tristão dividem o mesmo brilho.
 
Fonte: Ricardo Viveiros & Associados
www.viveiros.com.br
Comente via Facebook

Mais Dicas de Leitura

img



img
RSS  Artigos Artigos

Recentemente num diálogo com um amigo me chamou a atenção sua preocupação com o discurso explosivo do provável pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, principalmente pela facilidade com que parcela desinformada da população tem de assimilar o mesmo. No caso, a...
O início do enfraquecimento dos sindicatos se deu com a politização exagerada desses em relação ao governo passado de Lula e Dilma. Os sindicatos, em parte deles, serviram de berço esplêndido do governo central, esquecendo-se da luta histórica dos movimentos que reuniam...
As transformações que estão em curso nos mais diferentes setores, que interferem direta ou indiretamente sobre a vida na superfície da terra, também estão ocorrendo na agricultura brasileira. Graças a estas transformações, estão sendo colhidas mais de duzentos e trinta milhões de toneladas de grãos, o que equivale a mais de uma tonelada por habitante. Além de grãos, o Brasil está entre os maiores produtores de fibra (algodão) e carnes...
Fora Temer, quem mais os petistas odeiam? Todo mundo que participa do seu governo (ilegítimo, inconstitucional, fisiológico, entreguista, feio, bobo, golpista etc). Compactuo do horror que os petistas têm ao Temer, ao seu governo, aos seus ministros.  Com a ressalva de que eu não...
O objetivo não é encontrar o certo ou errado para dialogar sobre o projeto de lei “Escola Sem Partido”, mas refletir e compreender o que pode estar por vir se for colocado em prática a proposta de tornar obrigatória a afixação de um cartaz em todas as salas de aula do Ensino Fundamental e...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK