Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Dicas de Leitura > Dicas de Leitura > Pe. Zezinho, SCJ, publica seu primeiro livro por Edições Loyola
 
Pe. Zezinho, SCJ, publica seu primeiro livro por Edições Loyola
23/12/2014 as 15:32 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
Autor de mais de 300 obras, entre livros, CD’s e vídeos, e apontado como um dos pregadores cristãos mais célebres do Brasil, José Fernandes Oliveira, conhecido como Pe. Zezinho, SCJ, lança sua nova obra, que servirá de subsídio para os que desejam repensar certas atitudes.

O autor busca ajudar o leitor a formar sua própria opinião e defende que milagres, curas, graças recebidas e graças esperadas existem e que negar isso seria negar a Bíblia.

Na obra, composta por 26 capítulos, o autor entende que a pregação do Evangelho e a repercussão dele pela catequese da Igreja devem ser afirmativas, mas nunca atrevida ao ponto de afirmar o que não sabe. “Essa tem sido a atitude de certa mídia que se expõe em busca de adeptos e novos fiéis: abusa do marketing da fé e afirma que sabe, que ouviu e que viu o que de fato não viu, não ouviu e nem mesmo testemunhou”, conclui Pe. Zezinho.
 
O autor admite que é gesto de sabedoria admitir que não sabemos nem mesmo o suficiente sobre o Deus em quem cremos e sobre a vida que nos está reservada. Nem mesmo essa vida nos está revelada. Há mistérios dentro de nós, fora de nós, e há mistérios à nossa espera.

Sobre o autor:

José Fernandes de Oliveira: estudou filosofia em Santa Catarina e Teologia nos Estados Unidos. É sacerdote católico, educador e pregador. Conhecido como Padre Zezinho, SCJ, é sacerdote Dehoniano, missionário, e tem forte presença na Pastoral de Juventude, Pastoral Vocacional, Catequese e Pastoral da Comunicação e na Mídia Católica. Ele foge de títulos e adjetivos, tem sua visão pessoal de marketing e condena o excesso de autoexposição e de protagonismo do sacerdote.

Por Dayane Silva
Da Edições Loyola - <dayane@loyola.com.br>
Comente via Facebook

Mais Dicas de Leitura
img



img
RSS  Artigos Artigos

No final dos anos de 1800, os irmãos Dalton eram perigosos foragidos nos Estados Unidos. Eles eram policiais, mas gradualmente foram enveredando para o crime e tornaram-se conhecidos nacionalmente, por assaltos a trens e a bancos. Na ocasião em que resolveram assaltar...
Ultimamente a cidade de Londres tem sido palco de muitos ataques terroristas. O mais recente deles foi o que sofreram os frequentadores de uma mesquita, como se os britânicos houvessem dado “o troco” pelos atentados outrora perpetrados contra cidadãos comuns, praticados e elaborados por extremistas muçulmanos. É interessante observar – e isso posso falar com propriedade, pois vou a Londres com frequência – que há grande...
O assalto ao fórum de Diadema (SP), de onde bandidos levaram, na noite do último sábado, 391 armas (revólveres, pistolas, submetralhadoras e até um fuzil), repete crimes já ocorridos em todo o país. O Poder Judiciário armazena na sua sede as armas apreendidas nos...
Achei, nos meus alfarrábios, texto que publiquei, em 3 de maio de 1987, na Folha de S. Paulo, dedicado à Melhor Idade: Na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo procuramos sempre aliar a energia dadivosa dos mais novos ao patrimônio da experiência dos mais idosos. E isto se...
Em sua história secular, o movimento sindical jamais teve uma verdadeira estratégia, exceto a da fixação intuitiva de funções na produção em que o poder dos operários era evidente e decisivo. O sindicalismo é ação de resistência – a resistência dos trabalhadores à exploração...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK