Barreiras Cartuchos
 
> Principal > Notícias Nacionais > >
Asfalto x Paralelepípedo
Data 23/08/2011 as 19:45 h  Autor Editoria  Vezes 2352  Imprimir Imprimir
Engenheiro, especialista em pavimentação, explica quando e onde utilizá-los.


Muito ainda se discute sobre o assunto. O engenheiro Claudio de Castro, da Tecpar Pavimentação Ecológica, explica que a escolha depende muito do cliente, da pretensão e do local onde o pavimento será aplicado. “É  muito comum o indivíduo ou a empresa terem dúvidas na hora de escolher o tipo do pavimento. Por isso, há questões que devem ser levadas em conta como a preocupação ecológica, a durabilidade, o tráfego, a resistência e as possibilidades de manutenção”, afirma.

Asfalto X Paralelepípedo

O asfalto virou símbolo da modernidade e é característica marcante nas áreas urbanas. Ele está presente nas principais ruas, avenidas e rodovias. Neste sentido, Claudio justifica: “Esse tipo de pavimento se faz necessário onde prevalece a alta velocidade, o trânsito intenso e onde não haja interesse urbanístico. Porém o engenheiro salienta que as ruas com asfalto, para manter o conforto do motorista, precisam ser recapeadas ou até refeitas com bastante frequência, pois esse pavimento tem durabilidade de no máximo 5 anos”.

Já o paralelepípedo, pode ser utilizado em ruas periféricas, postos de combustíveis, pátios industriais, condomínios, loteamentos e em locais que não necessitem de um monitoramento frequente das condições do pavimento. “Eu optei por trabalhar com o paralelepípedo justamente pelas vantagens que ele apresenta em relação a outros pavimentos. Ele tem alta durabilidade e, além disso, é resistente, de fácil colocação e manuseio e não tem um processo de industrialização de alto impacto ambiental com o asfalto”, conta.

Preferências

Um exemplo de preferência pelo paralelepípedo está em uma das maiores redes de postos do Brasil. Adalberto José Sanches, consultor de obras da empresa, diz porque elegeu o paralelepípedo para substituir o asfalto nos postos da empresa. “Além da facilidade de manutenção e da maior resistência, já que recebemos um número elevado de veículos de grande porte, a preocupação ecológica foi fundamental para optarmos por esse tipo de pavimento”.

Este último fato também levou o presidente da comissão executiva de um condomínio, localizado em Itu, interior de São Paulo, a escolher o paralelepípedo: “Entre 450 condôminos, escolheu-se esta opção por se tratar justamente de algo ecológico e que não agride o meio, já que a preservação da área e da essência interiorana era a nossa maior preocupação”, diz Isidoro Fabretti.

Por isso, o engenheiro da Tecpar Pavimentação Ecológica conclui: “A necessidade de cada pavimento dependerá das circunstâncias em que será aplicado. Se for para tráfego rápido e fluidez no trânsito ainda prevalece o asfalto. Caso contrário, onde o intuito seja assegurar o pedestre e diminuir a velocidade dos veículos, assim como não prejudicar a permeabilidade do solo nem o meio, então se recomenda o paralelepípedo, sem dúvida”.

Sobre a Tecpar

A Tecpar é uma empresa prestadora de serviços de infra-estrutura com pavimentação em paralelepípedo e piso intertravado, além de saneamento para loteamentos, condomínios, indústrias, postos de combustíveis, transportadoras e prefeituras. Fundada para executar as suas obras com bastante responsabilidade e honestidade, a garantia do paralelepípedo é de 50 anos, por ser uma solução em piso permeável e de fácil manutenção. Com pedreira própria e com o aumento na procura, a Tecpar fez parcerias com fornecedores para suprir a necessidade de mão de obra especializada e melhorar continuamente o atendimento ao cliente. A missão da empresa é facilitar a vida dos clientes, entregando as obras com fornecimento de todos os materiais e mão de obra. O grande desafio da Tecpar é fazer com que o paralelepípedo seja reconhecido como o único pavimento ecologicamente correto e permeável, evitando inundações e mantendo o lençol freático. Para mais informações, acesse: www.tecparpavimentos.com.br.
Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
Redes Sociais
TWITTER GOOGLE + FACEBOOK YOUTUBE LINKEDIN INSTAGRAM
img
img
Vídeo Institucional
img
img




RSS  Artigos Artigos

Nunca antes na história da Igreja um papa ousou, como Francisco, colocar a questão da sexualidade no centro do debate eclesial: homossexualidade, casais recasados, uso de preservativo etc. O Sínodo da Família, realizado no Vaticano, só dará sua palavra final sobre esses temas em...
Realizada pela primeira vez, a Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) mediu os conhecimentos de 2,3 milhões de crianças do 3.° ano (8 anos de idade) do ensino fundamental e os números não foram nada animadores. Em leitura, 22 estados brasileiros concentraram...

Será proveitoso refletir, desde agora, sobre o choro do derrotado, conforme venha a ser o veredito das urnas. Não é preciso ser profeta para fazer o diagnóstico das lágrimas. Basta um pouco de reflexão. Se Aécio vencer, a vitória será impugnada como antidemocrática pois quem, na verdade, venceu foi...
São Paulo e dezenas de município da região sudeste sofrem com a falta d’água. Os operadores do sistema não estavam preparados para enfrentar estiagem como a vivida neste ano. Mas isso não os isenta de responsabilidade. Existem, ao redor do mundo, inúmeros...

01. Mais um espetáculo antidarwiniano. A evolução da espécie humana, em vários momentos, aqui no Brazilquistão, resulta peremptoriamente negada. Seis torcedores do Palmeiras foram indiciados por participar de uma emboscada (na rodovia Anchieta) contra a...

img
img
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Depois do sucesso de Clube da Insônia e Tesão, Tico Santa Cruz lança o seu primeiro romance policial, originalmente publicado na internet e que teve mais de 100 mil downloads: Pólvora. Se os outros livros já abordavam temas polêmicos, essa obra de ficção consegue ser...
Há textos que a gente simplesmente ler; há textos que lemos e apenas gostamos; há, porém, textos que quando terminamos de ler, ficamos apaixonados. Foi exatamente isto o que aconteceu comigo quando, em tempos idos, recebi das mãos de Tia Quinha (Irmã Francisca Brandão Vilela) o exemplar do...
Luiz Flávio Gomes, um dos mais importantes criminalistas do país, lança nesta quinta-feira, 4, o livro "Beccaria 250 Anos: E o Drama do Castigo Penal: Civilização ou Barbárie?" (Editora Saraiva, 352 pág., R$ 68). Indignado com o atual sistema penal, dominado por...

img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img