Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > JUVENTUDE CRÍTICA > Juventude Crítica > Os empecilhos da doação de sangue no Brasil
 
Professor:
HENRIQUE VIANA
Licenciado em Letras pela UNEB,
Especialista em Estudos Linguísticos:
Leitura e
Produção Textual, pela UNEB,
Professor no Gauss - Centro de Estudos.
img

Depoimentos:

;
img
Os empecilhos da doação de sangue no Brasil
18/10/2017 as 18:28 h  Autor admin  Imprimir Imprimir
Os avanços científicos e medicinais permitiram o conhecimento acerca do tecido sanguíneo, de suas peculiaridades e funções biológicas, o que resultou no alcance de técnicas e procedimentos cirúrgicos importantes para a área da saúde. Hoje no Brasil, diante de tantos doentes hemolíticos e vulneráveis, a doação de sangue tem sido requisitada. No entanto, a carência de informações úteis e claras bem como a rotina do brasileiro dificultam tal prática. 

A falta de informações precisas à sociedade constitui um empecilho à doação de sangue no Brasil. Mesmo com a Revolução Científica-Tecnológica e Informacional, que disponibilizou inúmeras ferramentas comunicativas, muitos indivíduos ainda são desprovidos de informações básicas em relação à importância e aos pré-requisitos para a doação de sangue, uma vez que nem todos tem acesso pleno aos meios de comunicação ou não compreendem de forma eficiente as informações transmitidas, dada as diferenças sociais e educativas e as chamadas veiculadas de forma rápida e pouco esclarecedoras. Desse modo a massa desinformada da sociedade desconhece o bem comum e social da doação de sangue.

Além disso, a dinâmica cotidiana do brasileiro também é um obstáculo à doação de sangue. A engrenagem capitalista do mundo do trabalho, marcada pela pressão por produtividade e por horas diárias dedicadas às atividades laborais, tem deixado a rotina do brasileiro cada vez mais atarefada, dificultando a prática da doação de sangue, visto que os hemocentros, em sua grande maioria, funcionam no período diurno, o que acarreta na divergência de horário com os potenciais doadores. Sendo assim, a população ativa, por passar a maior parte do dia no recinto de trabalho, não encontra alternativa prática para a doação e não contribui com o aumento percentual de doadores.

Portanto, o Poder Executivo, dentro de suas atribuições e esferas, deve buscar informar a sociedade sobre a doação de sangue, por meio do aumento e treinamento dos profissionais da saúde comunitária para que esclareçam e orientem a sociedade sobre a importância e a necessidade da doação de sangue. Ademais, a mídia deve informar a sociedade sobre os requisitos para a doação de sangue, bem como sua importância, veiculando informações, campanhas e chamadas de forma detalhada, clara e objetiva nos veículos de comunicação, utilizando também cartazes e outdoor em ambientes públicos. Já os hemocentros devem viabilizar a prática da doação de sangue, renovando sua política de atendimento, com abertura dos postos aos domingos e feriados e estendendo seu atendimento para o período noturno, o que requer aumento dos agentes em atividade.
 


Elis Brandão
Aluna de Orientação
Comente via Facebook

Leia mais
administrador
agora adorei porque eu lhi mas antes tava sem graça jusmariiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
o q e não sou...se vc q ver a resposta entre nesse site
www.deltaville.com.br/coleta de lixos
09
Set
administrador
muito brega ,eu estva procurando um texto para meu traballho,pois não gostei,muito desagradvel demais
evil
Smile
09
Set
img


img
RSS  Artigos Artigos

Montesquieu, em seus pensamentos, ensinava: “Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se são executadas as que há, pois existem boas leis por toda a parte”. E Sólon, o filósofo grego, ao ser perguntado se outorgara aos atenienses as melhores, saiu-se com esta resposta: “dei-lhes as melhores leis que eles podiam aguentar”. As duas pequenas lições calham bem no momento vivido pelo país. Primeiro, por refletir o estado...
Este ano teremos eleições para presidente e governadores. Todos, sem nenhuma exceção, farão duas promessas: reduzir a pobreza e reduzir o desemprego. Esses são os dois maiores flagelos sociais brasileiros. Ainda que todos digam as mesmas coisas e façam as...
O presidente Michel Temer afastou quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal, investigados por irregularidades apuradas pela Operação Greenfield, do Ministério Público Federal. O Conselho da instituição se prepara para assumir a tarefa de nomear e demitir esses...
Em 21 de janeiro celebra-se o Dia Mundial da Religião. Em artigo publicado na Folha de S.Paulo na década de 1980 arguido por um leitor se não sectarizaria a minha palavra o fato de, em meus escritos, dar muito valor à Religião, escrevi: Não vejo Religião como ringues de luta livre, nos...
Na medida em que vamos caminhando e construindo a nossa vida, também vamos deixando rastros. Os rastros são as marcas que deixamos. Podem ser marcas de amor e podem ser marcas de dor e desgosto. Perguntar a si mesmo sobre que rastros eu estou deixando é muito importante...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK