Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > JUVENTUDE CRÍTICA > Juventude Crítica > As várias faces da intolerância
 
Professor:
HENRIQUE VIANA
Licenciado em Letras pela UNEB,
Especialista em Estudos Linguísticos:
Leitura e
Produção Textual, pela UNEB,
Professor no Gauss - Centro de Estudos.
img

Depoimentos:

;
img
As várias faces da intolerância
10/11/2016 as 11:25 h  Autor admin  Imprimir Imprimir
Fruto de um longo processo de imposição cultural, étnica e religiosa, a sociedade atual presencia, em demasia, a intolerância praticada por indivíduos que acreditam na supremacia de uns sobre outros. Nesse esteio, hoje, as várias faces da intolerância configuram-se imprescindíveis de serem erradicadas, com ações nos âmbitos sociais e virtuais, visto que a manutenção de tais práticas maculam os Direitos Humanos e a ordem social.

No que tange à discriminação contra indivíduos por questões religiosas, culturais e étnicas, encontram-se hoje no Brasil, diversos grupos que permeiam ideais de ódio baseados em conceitos de superioridade, como o Ku Klux Klan, com orientação racista contra negros. Nesse âmbito, indivíduos que fazem parte de tais organizações e perpetuam o ódio por meio de agressões físicas e verbais possuem, segundo Freud, orientações no seu inconsciente oriundas de traumas ou influências na fase da infância. Essas ações refletem no modo de agir e pensar dos indivíduos e, dessa forma, contribuem para que sejam intolerantes, considerando o outro um diferente.

Outrossim, destaca-se a internet como ferramenta que possibilita a disseminação de discursos intolerantes. O anonimato dos usuários da rede influencia pessoas, em diversas partes do mundo, a colocarem em evidência o lado discriminatório, até então camuflado no inconsciente, de acordo o que afirmou Freud. Nesse aspecto, frisam-se as redes sociais como instrumento de difusão dos ideais e práticas desumanas, como os do Estado Islâmico, que integra adeptos a sua organização e, dessa forma, permite práticas de ações violentas em vários países, como o atentado na França. Nesse modo, devido à facilidade de acesso às redes sociais, as várias faces da intolerância ganham mais espaço, o que desafia a manutenção dos Direitos Humanos.

Faz-se necessário, portanto, maior comprometimento do Estado, através da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, na criação de disciplinas, desde a educação infantil, que apresentem aos alunos a diversidade cultural, étnica e religiosa que o Brasil possui e a importância do respeito às manifestações de todo e qualquer povo. Além disso, é crucial a parceria do Estado nas escolas com os pais a fim de promoverem, por meio do diálogo com os mais novos, o ensinamento acerca do respeito e diversidade existente na sociedade, contribuindo para a formação responsável do inconsciente da criança. Ademais, é ainda dever do Estado, maior controle na rede com a identificação dos indivíduos que praticam discriminação e a consequente punição por meio da Delegacia de Crimes Virtuais. Assim, poderá ser garantido o respeito aos Direitos Humanos e a ordem social.
 


José Vitor Cambuí
Aluno do Gauss - Centro de Estudos


Comente via Facebook

Leia mais
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

A proteção social deve perseguida como prioridade por qualquer sociedade que busca o desenvolvimento socioeconômico e a estabilidade política. No Brasil, ainda temos milhões de cidadãos que vivem desprotegidos e necessitam do sistema de seguridade e de previdência públicos, sem os quais os impactos políticos, econômicos e sociais atingiriam a todos. O fato é que a grande maioria das famílias brasileiras não pode...
A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
Disse o Sérgio Moro de sempre, diante de um comentário do ex-presidente Lula sobre os desmandos da justiça, que não debateria “publicamente com pessoas condenadas por crimes”. É a cara dele. Acha-se no direito de tecer comentários sobre tudo e sobre todos, projetando-se...
Nos últimos três anos, a Petrobras, maior empresa brasileira, foi alvo de um processo sistemático de desmoralização. Como resultado, a companhia começou a ser esquartejada, com vários de seus ativos sendo vendidos sem nenhuma transparência, e o pré-sal, maior...
Virou moda atribuir a violência e a criminalidade à falta de policiamento ou aos métodos de trabalho empregados pela força policial. O tema já sustentou muitas campanhas eleitorais e serviu de instrumento para os agitadores sociais atingirem seus objetivos. Uns clamam por maior presença...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK