Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia

> Principal > JUVENTUDE CRÍTICA > Juventude Crítica > Intolerância
 
Professor:
HENRIQUE VIANA
Licenciado em Letras pela UNEB,
Especialista em Estudos Linguísticos:
Leitura e
Produção Textual, pela UNEB,
Professor no Gauss - Centro de Estudos.
;
img
Intolerância
25/10/2016 as 11:20 h  Autor admin  Imprimir Imprimir
Ao longo da história da humanidade, evidenciaram-se diversas manifestações de intolerância. Como exemplo, na Idade Média, os tribunais do Santo Ofício perseguiam indivíduos que demonstrassem opiniões contrárias às da Igreja. De modo semelhante, durante a Segunda Guerra Mundial, notou-se repressão ao povo judeu, gays e demais pessoas consideradas por Adolf Hitler como “raça inferior”. Na contemporaneidade, é notória a persistência da intolerância, justificada pela inaplicabilidade das leis que protegem o cidadão e potencializada pelo advento dos recursos tecnológicos.

No Brasil, o período da Ditadura Militar, década de 60, pode ser apontado como marco histórico da intolerância no país. Nessa ocasião, indivíduos que não compartilhavam dos ideais políticos dos militares, chefes do governo, eram violentados, perseguidos e até mesmo exilados. Nesse viés, vale ressaltar que as perseguições motivadas por questões religiosas, identidade de gênero e liberdade política permanecem latentes na sociedade atual. Eventos como o ataque à boate Pulse, em Junho de 2016, e as ações do grupo terrorista Estado Islâmico ratificam essas práticas na atualidade. Dessa forma, fica evidenciado que as legislações criadas para proteger os cidadãos, como a Declaração dos Direitos Humanos, promulgada em 1948, em que são previstos o direito à vida e à liberdade religiosa não são respeitados.

Outro agravante com relação a essa temática é a evolução da tecnologia. A partir dela, notou-se a elevação dos atos de intolerância através das redes sociais, devido ao anonimato proporcionado pela internet. Nesse tipo de mídia eletrônica, o indivíduo pode participar de fóruns criados para proferir insultos sob a garantia de difícil rastreio. Além disso, a rapidez da disseminação dos dados potencializa seu agravo. A exemplo disse tipo de intolerância, tem-se o caso da jornalista Maria Júlia Coutinho, vítima de preconceito racial nas mídias sócias em 2015.

Infere-se, portanto, que a ineficiência das leis juntamente com o advento das tecnologias contribuem para a persistência da intolerância na sociedade atual. Por isso, para reverter essa problemática, cabe ao Poder Executivo em conjunto com o Judiciário fazerem cumprir as leis já existentes como a Lei contra o Bullying, de 2015. Somada a isso, a criação de delegacias em todo o país como a Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) existente em São Paulo é fundamental. Por fim, a população deve ser informada sobre os tipos de intolerância por meio da distribuição de cartilhas explicativas semelhantes às da campanha “Quem se dá com gente, se dá bem na vida” do Ministério Público de São Paulo.




Fernanda Rego
Aluna do Gauss - Centro de Estudos
Comente via Facebook

Leia mais
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Quando menos se espera, chega a grande crise. O presidente da República que, na quarta-feira passada, comemorava o começo da recuperação no mercado de trabalho e outros indicadores favoráveis da economia, resta hoje denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal), perde...
Essa é uma pergunta que corre pelo Brasil. A resposta é SIM. Lula será preso. É só uma questão de tempo e procedimentos legais, que sabemos, são demorados, especialmente quando envolvem um ex-presidente. Não há mais como sustentar a defesa de Lula, que nunca soube de...
Meu sobrinho de sete anos, Ramon, saiu-se com esta, recentemente, quando lhe deram um texto escrito em letra cursiva para ele ler: “Como é que vocês me dão uma coisa com uma letra que eu não sei ler?” E ele tinha razão. Ele está sendo alfabetizado pelo sistema novo que...
Convido o leitor a fazer um experimento, passe a língua na superfície dos dentes naturais e perceba a textura lisa que eles possuem. Repita após ter comido uma fruta ou tomado um copo de suco de limão ou laranja. Conseguiu perceber a diferença? Antes liso e depois “áspero”? Muitos de...
Não é preciso ir longe para assistir exemplos de que a sociedade anda com vários problemas. Ligue a TV, assista ao telejornal e preste atenção nas matérias divulgadas. Violência, preconceito e corrupção são palavras já comuns em nosso dia a dia, e o pior, nós nos acostumamos com...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img


img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
Os Direitos Humanos e os Valores Humanistas estão presentes nas mais diversas tradições religiosas e filosóficas da Humanidade. Eles não são monopólio do Ocidente ou propriedade cristã. As maiores religiões e sistemas filosóficos afinam, nos seus grandes postulados, com as...
O ex-ministro Luiz Carlos Borges da Silveira, que ocupou a pasta da saúde entre os anos de 1987 e 1989, no governo de José Sarney, acaba de lançar seu novo livro: “Nova República: 30 Anos de altos e baixos”. A obra retrata o período que vai do fim da ditadura militar e eleição do primeiro presidente...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK