Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Pauta Livre > A ética do desembargador
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
A ética do desembargador
12/02/2018 as 10:54 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Desembargador Manuel de Queiroz Pereira Calças

A questão do auxílio moradia e outros penduricalhos, ferozmente defendidos por juízes e desembargadores; mostra, que ética, é um valor que não cultuamos e não praticamos, de fato.

O caso do juiz Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro, que utilizou o Twitter para defender o direito de acumular recebimento de auxílio-moradia com a esposa, a juíza Simone Bretas1, é um exemplo da falta de prudência ética e moral, estabelecida no seio do judiciário brasileiro.

Essa questão foi levada em 2016, pela jornalista Claudia Wallim, radicada na Suécia, a dois magistrados suecos para que dessem suas opiniões a respeito, o Dr. Carsten Helland, membro do sindicato de magistrados suecos e o Dr. Göran Lambertz, juiz da Suprema Corte. Ao tomar conhecimento de que os juízes brasileiros recebiam tais auxílios, o Dr. Carsten disse: “Juízes não podem agir em nome dos próprios interesses, com tal ganância e egoísmo, e esperar que os cidadãos obedeçam à lei” e Dr. Göran Lambertz, da Suprema Corte, acrescentou: “É inacreditável que juízes tenham a audácia e o descaramento de serem tão egoístas a ponto de buscar benefícios como auxílio-escola e auxílio moradia”.

Claudia Walim então pergunta ao Dr. Lambertz, o que aconteceria se os juízes da Suécia agissem desse modo e o Lambertz, responde: “Aqui isso não aconteceria, porque não temos esse tipo de sistema imoral2

Mas aqui no Brasil, isso acontece, porque nosso sistema moral permite tais aberrações. O caso do juiz Marcelo Bretas é apenas um exemplo de quem está sob os holofotes no combate à moralidade, mas a ignora, em causa própria, do mesmo modo que o juiz Sergio Moro, da Operação Lava-Jato. Sergio Moro recebe auxílio moradia e não acha antiético ou imoral recebe-lo, mesmo morando em casa própria em Curitiba3. Essa prática não é só uma questão corporativista, é ausência de valores nobres mesmo e isso, infelizmente, é tradição.

Talvez quem melhor definiu; a ausência desses valores foi o novo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manuel de Queiroz Pereira Calças, que recebe e defendeu o auxilio moradia mesmo que o magistrado tenha imóvel próprio e ainda afirmou que o valor recebido é pouco. Indagado sobre a questão ética, disse Calças: “Cada um tem a sua ética4”.

Ora, ética, é um bem comum, não é um bem individual. Se cada um tem a sua ética, não há ética e quando servidores da justiça se confessam individualmente éticos, podemos ter a certeza de desconfiar de suas ações e condutas à frente dos tribunais.

REFERÊNCIAS:

1. https://www.brasil247.com/pt/247/rio247/339289/Bretas-vai-ao-Twitter-e-diz-ter-direito-a-aux%C3%ADlio-moradia-em-dobro.htm

2. http://www.claudiawallin.com.br/2015/06/13/o-que-juizes-suecos-acham-das-mordomias-que-seus-colegas-no-brasil-se-autoconcedem/comment-page-1/

3. https://jornalggn.com.br/noticia/para-moro-auxilio-moradia-compensa-falta-de-reajuste

4. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/02/novo-presidente-do-tj-sp-diz-que-recebe-auxilio-moradia-e-que-acha-que-o-valor-e-pouco.shtml

Por Frederico Rochaferreira
Fonte: https://jornalggn.com.br/

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Simão Cireneu encontrava se bem distante de Cirene, sua cidade natal situada no norte da África, atual Líbia, por ocasião da crucificação de Jesus. Simão se dirigira a Jerusalém, naqueles dias, para participar das festas de Páscoa, e encontrava-se ali para cumprir um ritual religioso....
A agenda da reforma trabalhista e sindical está pautada na sociedade brasileira há algum tempo, em função de vários motivos, como as mudanças na base produtiva e na divisão internacional do trabalho, a expansão do setor de serviços e a disseminação de novas tecnologias e do...
O sentimento de amizade verdadeira, firmada na labuta diária, é fator significativo no fortalecimento das relações, para a superação dos dissabores, não somente no âmbito familiar, também no coletivo. No Apocalipse de Jesus, 1:9, João Evangelista revela — por causa da palavra de Deus e...
O Brasil vive delicado momento. Não se trata apenas de crise política ou econômica, o que preocupa é a crise de firmeza de decisão, de rumos para o país. Talvez fosse este o momento de firmar posições, abandonar dogmas superados e adotar o modernismo administrativo. Fundamentado...
A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro parece medida tardia, se analisada a partir do estado de guerra vivido pelos cariocas já há um bom tempo. E a criação do Ministério da Segurança Pública pode ser a medida adicional para a retomada do controle naquela e nas...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK