Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Carnaval 2018 > Identificação e cuidados com a saúde garantem carnaval tranquilo para crianças
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Identificação e cuidados com a saúde garantem carnaval tranquilo para crianças
09/02/2018 as 10:28 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
Carnaval também é sinônimo de diversão para as crianças, que aproveitam os dias de folia para brincar e dançar em bailes e blocos de rua. Os pais, no entanto, devem estar atentos e ter alguns cuidados para garantir que não haja transtornos, como a perda da criança e problemas de saúde.

A primeira orientação é a identificação dos pequenos que vão sair para as festas. “Os pais podem identificar de qualquer forma, com pulseira ou colocar um adesivo colado, ou até escrever no braço da criança. Mesmo as crianças mais velhas podem ficar assustadas e não saber dizer o nome ou o telefone dos pais”, diz a supervisora do Setor de Proteção e Apuração da Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal, Ana Luiza Muller.

Ela orienta também para que os pais levem uma cópia ou original do documento de identidade dos filhos. Em relação aos adolescentes, os pais devem conversar e orientar os filhos em relação ao consumo de bebidas alcoólicas. “A gente verifica um elevado número de adolescentes consumindo bebidas, o que é um risco”, diz Ana Luiza.

Identificação

Em alguns estados, a Polícia Militar (PM) vai fazer ações de identificação das crianças por meio de carteirinhas ou pulseirinhas, que devem ter o nome da criança e um telefone de contato. A medida ajuda na identificação e na localização da família, caso a criança se perca.

Em Brasília, serão disponibilizadas pulseirinhas na Base Móvel da PM, que estará nos principais blocos de carnaval infantil da cidade, e os pais também podem imprimir uma carteirinha disponível no site da PMDF.

No Rio de Janeiro, a Polícia Militar e o S.O.S Crianças Desaparecidas promovem ações para alertar os pais sobre a necessidade de reforçar a atenção com crianças e adolescentes durante o carnaval. Os PMs e assistentes sociais vão distribuir mais de 40 mil pulseirinhas de identificação, folders e cartazes com a divulgação dos desaparecidos.

Os pais também devem estar atentos às regras de cada estado para a participação de crianças em eventos. No Distrito Federal, por exemplo, uma portaria da Vara da Infância e Juventude estabelece que as matinês para crianças e adolescentes devem terminar até as 20h e proíbe a venda de bebidas alcoólicas e cigarros nos locais onde haja bailes infantis. Ainda, segundo a portaria, apenas adolescentes maiores de 16 anos podem estar em trios elétricos ou similares.

Alimentação e saúde

Entre as dicas da organização não governamental (ONG) Criança Segura para garantir a tranquilidade do carnaval infantil está o cuidado com a alimentação, oferecendo comidas leves, e com a hidratação dos pequenos. “Mas, lembre-se: na hora de comer é melhor que a criança esteja parada e calma, para que ela mastigue bem e devagar os alimentos, evitando, assim, engasgamento”, alerta a entidade.

As roupas para pular o carnaval devem ser leves, sem cordões ou botões pequenos, para evitar acidentes, e os sapatos devem ser confortáveis. Outra dica da ONG é tomar cuidado com adereços, como confete, serpentina, espuma, tatuagens temporárias, tinta e glitter, para evitar casos de intoxicação e sufocamento. Os pais devem observar se os produtos são atóxicos e orientar a criança a não colocar confete na boca, enrolar a serpentina no pescoço ou brincar de jogar espuma nos olhos e na boca de outras pessoas.

Denúncias

Uma campanha lançada pela Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Ministério dos Direitos Humanos, tem como objetivo conscientizar a população a denunciar qualquer situação de violência, especialmente a exploração sexual, o trabalho infantil e o uso de álcool e drogas por crianças e adolescentes no carnaval.

Com o tema “Respeitar, proteger, garantir – todos juntos pelos direitos da criança e do adolescente”, a campanha também busca alertar para o combate à violação de direitos de meninos e meninas em situação de rua e para os riscos de desaparecimento de crianças.

Para fazer denúncia de violações de direitos humanos no país, os contatos são o Disque 100 (Disque Direitos Humanos) e o aplicativo Proteja Brasil.

Veja dicas para garantir um carnaval seguro:

- Identifique as crianças com a carteirinha ou pulseiras que serão distribuídas pela Polícia Militar;

- Não deixe, em nenhum momento, as crianças sozinhas;

- Cuide da hidratação e alimentação;

- Use fantasias leves e calçados confortáveis;

- Evite permanecer com suas crianças em grandes aglomerados e tumultos;

- Evite subir com crianças em trios elétricos;

- Oriente seu filho a evitar contato, carona, alimento ou presentes de pessoas estranhas;

- Oriente as crianças a procurar o policial mais próximo caso ela se perca ou precise de ajuda;

- Evite levar objetos de valor como brincos, colares, relógios, óculos e carteira com muito dinheiro;

- Evite usar o telefone celular no meio da multidão.

Da Agência Brasil
Fonte: Polícia Militar do Distrito Federal

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Simão Cireneu encontrava se bem distante de Cirene, sua cidade natal situada no norte da África, atual Líbia, por ocasião da crucificação de Jesus. Simão se dirigira a Jerusalém, naqueles dias, para participar das festas de Páscoa, e encontrava-se ali para cumprir um ritual religioso....
A agenda da reforma trabalhista e sindical está pautada na sociedade brasileira há algum tempo, em função de vários motivos, como as mudanças na base produtiva e na divisão internacional do trabalho, a expansão do setor de serviços e a disseminação de novas tecnologias e do...
O sentimento de amizade verdadeira, firmada na labuta diária, é fator significativo no fortalecimento das relações, para a superação dos dissabores, não somente no âmbito familiar, também no coletivo. No Apocalipse de Jesus, 1:9, João Evangelista revela — por causa da palavra de Deus e...
O Brasil vive delicado momento. Não se trata apenas de crise política ou econômica, o que preocupa é a crise de firmeza de decisão, de rumos para o país. Talvez fosse este o momento de firmar posições, abandonar dogmas superados e adotar o modernismo administrativo. Fundamentado...
A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro parece medida tardia, se analisada a partir do estado de guerra vivido pelos cariocas já há um bom tempo. E a criação do Ministério da Segurança Pública pode ser a medida adicional para a retomada do controle naquela e nas...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK