Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Manifesto > Trabalhadores rurais fazem greve de fome contra a reforma da Previdência
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Trabalhadores rurais fazem greve de fome contra a reforma da Previdência
06/12/2017 as 17:01 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Integrantes do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) estão em greve de fome há mais de 24 horas em protesto contra a reforma da Previdência que tramita na Câmara dos Deputados. Os três grevistas, que representam mais de 300 mil famílias camponesas de todo o país, fizeram a última refeição ontem (5) às 7h30 e, desde então, estão tomando apenas água e soro.

Eles estão instalados no Anexo 2 da Câmara e sendo acompanhados por uma equipe de apoio com médico e assessores. O grupo solicitou uma audiência com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), para pedir a retirada da reforma da Previdência da pauta do Congresso.

“A medida que estamos tomando aqui é uma medida extrema. Greve de fome é uma medida extrema, as pessoas colocam sua própria vida em risco para defender que essa reforma da Previdência não seja votada no Congresso Nacional”, disse Charles Reginaldo, integrante da coordenação nacional do MPA.

Para o movimento, a aposentadoria é um direito garantido há muitas décadas que sustenta muitas famílias tanto na cidade, quanto no campo. “Sabemos que a previdência tem um tecido social, como uma das maiores políticas públicas de transferência de renda para a população mais pobre. Em determinados momentos é o único dinheiro que a família tem para pagar suas contas. Nós, como trabalhadores do campo não podemos deixar de fazer luta para que essa reforma não passe”, acrescentou Charles.

Os grevistas afirmam que não acreditam que as regras da aposentadoria rural tenham saído do novo texto apresentado pelo relator da proposta. Eles fazem a ação enquanto as lideranças partidárias se articulam sobre a retomada da tramitação da proposta que altera as regras de acesso à aposentadoria.

Pelo texto que foi aprovado na comissão especial da Câmara, a idade mínima para aposentadoria dos trabalhadores rurais foi alterada de 65 para 60 anos, para homens, e 57 anos para mulheres, com 20 anos de contribuição, em vez de 25, como propôs inicialmente o governo.

Da Agência Brasil

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

Acorda Brasil! Enquanto o país está batendo todos os recordes de desempregados, cerca de quase 14 milhões de desempregados, dentre eles, cerca de 130 mil cativos e/ou escravos contemporâneos da OAB, devidamente diplomados, qualificados pelo omisso MEC, jogados ao ...
É cada vez mais comum vermos pessoas comentando que se sentem mal ao ingerir determinados alimentos. Geralmente, esse mal-estar tem ligação com um quadro de intolerância ou alergia alimentar, duas condições de saúde bastante sérias e que, se não diagnosticadas...
Quando, depois de aposentado como juiz, também como professor me aposentei, fui tomado por uma crise de identidade. O vazio manifestou-se forte quando tive de preencher a ficha de entrada num hotel. Que profissão vou colocar aqui? Pensei alto. Se estava aposentado na magistratura e no magistério, nem como juiz, nem como professor poderia me definir. "Ser ou não ser", eis a questão.  Shakespeare, pela boca de...
A proteção social deve perseguida como prioridade por qualquer sociedade que busca o desenvolvimento socioeconômico e a estabilidade política. No Brasil, ainda temos milhões de cidadãos que vivem desprotegidos e necessitam do sistema de seguridade e de previdência públicos, sem os quais os impactos políticos, econômicos e sociais atingiriam a todos. O fato é que a grande maioria das famílias brasileiras não pode...
A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK