Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Governo da Bahia > Famílias com casos de microcefalia terão prioridade no Minha Casa Minha Vida na Bahia
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Famílias com casos de microcefalia terão prioridade no Minha Casa Minha Vida na Bahia
02/11/2017 as 10:17 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Famílias que possuam casos de microcefalia, comprovada, e famílias oriundas de áreas de risco ou desapropriadas terão prioridade no processo de recebimento de moradia no Programa Minha Casa Minha Vida na Bahia. Os beneficiários enquadrados nesses casos ficam dispensados do sorteio, desde que cumpram os demais critérios de seleção. Essas e outras resoluções, aprovadas pelo Conselho Estadual das Cidades (CONCIDADES) da Sedur, foram publicadas no Diário Oficial da Bahia, nesta terça-feira e já estão em vigor.
 
“É uma resolução que demonstra o comprometimento do Governo do Estado no cumprimento do Sistema Estadual de Habitação de Interesse Social e, acima de tudo, mostra uma preocupação em dar dignidade e cuidar das pessoas, especialmente as mais pobres e com necessidades especiais, como é o caso das famílias com caso de microcefalia”, destacou a secretária Estadual de Desenvolvimento Urbano, Jusmari Oliveira.
 
Além dos dispensados do processo seletivo, a nova diretriz, proposta pela Câmara Técnica de Habilitação do CONCIDADES, determina que além dos critérios nacionais já estabelecidos, a seleção dos beneficiários do MCMV terá mais três critérios adicionais de priorização: famílias inscritas no cadastro habitacional há mais de três anos - considerando como data limite inicial agosto de 2009; famílias em condições de vulnerabilidade de que façam parte pessoas com doença crônica incapacitante para o trabalho - com comprovação médica; e famílias com filho (s) em idade inferior a 18 anos.

Idosos e pessoas com deficiência também terão prioridade

Ainda de acordo com a resolução, do total de famílias atendidas no projeto serão destinadas a cota de no mínimo 10% para pessoas idosas e de no mínimo 7% para pessoas com deficiência. Descontadas as reservas para idosos titulares do benefício e pessoas com deficiência, a distribuição de unidades habitacionais é destinada em até 50% para famílias oriundas de áreas de risco, comprovadas pela Defesa Civil. O destino da outra metade será destinada em 60% para pessoas que atendam de quatro a seis dos critérios, em 25% para pessoas que atendam de dois a três critérios, e em 15% a pessoas que atendam até um critério.

Ascom SEDUR/Governo da Bahia

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Simão Cireneu encontrava se bem distante de Cirene, sua cidade natal situada no norte da África, atual Líbia, por ocasião da crucificação de Jesus. Simão se dirigira a Jerusalém, naqueles dias, para participar das festas de Páscoa, e encontrava-se ali para cumprir um ritual religioso....
A agenda da reforma trabalhista e sindical está pautada na sociedade brasileira há algum tempo, em função de vários motivos, como as mudanças na base produtiva e na divisão internacional do trabalho, a expansão do setor de serviços e a disseminação de novas tecnologias e do...
O sentimento de amizade verdadeira, firmada na labuta diária, é fator significativo no fortalecimento das relações, para a superação dos dissabores, não somente no âmbito familiar, também no coletivo. No Apocalipse de Jesus, 1:9, João Evangelista revela — por causa da palavra de Deus e...
O Brasil vive delicado momento. Não se trata apenas de crise política ou econômica, o que preocupa é a crise de firmeza de decisão, de rumos para o país. Talvez fosse este o momento de firmar posições, abandonar dogmas superados e adotar o modernismo administrativo. Fundamentado...
A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro parece medida tardia, se analisada a partir do estado de guerra vivido pelos cariocas já há um bom tempo. E a criação do Ministério da Segurança Pública pode ser a medida adicional para a retomada do controle naquela e nas...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Como falar às crianças e adolescentes sobre respeito às diferenças? E se essas diferenças forem algo de certa forma muito difícil de explicar? É isso que faz de forma poética e muito alegre o livro Você sabe quem eu sou? Então vou te contar, de Herica B. T. Secali.
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK