Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > São Desidério, Bahia > SÃO DESIDÉRIO: PONTE SEM MANUTENÇÃO IMPEDE QUE VEÍCULOS E MORADORES FAÇAM A TRAVESSIA NO POVOADO DE ALMAS
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
SÃO DESIDÉRIO: PONTE SEM MANUTENÇÃO IMPEDE QUE VEÍCULOS E MORADORES FAÇAM A TRAVESSIA NO POVOADO DE ALMAS
11/10/2017 as 17:11 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

APÓS MUITO TEMPO SEM REFORMAS, A REFERIDA PONTE É QUEIXA CONSTANTE DOS MORADORES DE ALMAS, QUE, ALÉM DE NÃO PODEREM REALIZAR A TRAVESSIA, AINDA ACONTECEM ACIDENTES COM FREQUÊNCIA PARA QUEM SE ARRISCA A PASSAR ATRAVÉS DELA
 


 
O distrito de Almas pertence a São Desidério e, aquele rio que corta o povoado, tem uma singularidade incrível. Tendo como um hobby a caça subaquática, certa feita estive naquela localidade e, ao submergir com o equipamento de mergulho, notei que, ao contrário de outros pontos onde costumamos fazer mergulhos para pescar, onde a máscara aumenta o tamanho das coisas que estão submersas, lá em Almas, vemos tudo bem menor. Creio que pode ser devido à ação de algum componente químico existente misturado àquela água. Ao avistarmos uma traíra, por exemplo, vimos um pequeno peixe, mas, ao arpoá-la e retirarmos de dentro do rio, era um pescado enorme; quase três quilos. Todos da equipe de mergulho ficamos embasbacados com tal descoberta. Foi um acontecimento fantástico, inesquecível mesmo! Muito interessante.

Mas, vamos ao que interessa neste texto:

É realmente preocupante a situação daquela ponte, haja vista o descaso da administração atual de São Desidério com relação a ela. A população está indignada com essa falta de respeito para com os habitantes do local ou quem necessita transpô-la por algum motivo.


Reclames dos moradores pelas redes sociais
Na semana passada uma carreta carregada de brita caiu em um dos vários buracos – para não dizer crateras -, nela existentes. E, para piorar, no último dia 10/09, um ônibus escolar também ficou preso no mesmo buraco, trazendo transtornos aos estudantes e riscos na questão de segurança. Inadmissível esse descaso, já que os estudantes precisam chegar até a escola, mas, com tamanho perigo, pais e professores questionam quando o poder público vai tomar uma decisão definitiva para sanar esse problema.

Depois de mais de uma semana do acidente com a carreta, nada foi feito pela atual gestão de São Desidério, deixando a população de Almas correndo perigo. Segundo eles, a situação atual da passarela de madeira e terra é inconcebível, já que, nem a pés, os usuários conseguem mais atravessar aquela ponte.

Os moradores agora tentam chamar a atenção da prefeitura sandesideriana para que conserte o mais rápido possível aquela passagem, que é de fundamental importância para aquela gente, principalmente quem trabalha com a lavoura de subsistência e agricultura familiar, muito comum naquelas áreas. Afinal, eles acabaram perdendo o direito de ir e vir, como garante a Constituição Brasileira. E, agora, ficam à mercê dos gestores locais, que, ao visto, estão fazendo vistas grossas para a questão. “Mas, quando chega o período eleitoral, eles vêm fazendo meio mundo de promessas e nunca cumprem. Será que eles pensam que somos otários?”, disse uma moradora muito contrariada com esse problema.

É uma situação vexatória mesmo para quem precisa ultrapassar a referida ponte e não pode mais, atrapalhando em muito os seus afazeres corriqueiros. Está mais do que na hora de a administração de São Desidério tomar uma decisão rápida e tratar de consertar a passarela. Ou será que lá também virou uma terra sem-lei ou terra de ninguém? Algo tem que ser feito para trazer o mínimo de conforto àquela gente trabalhadora e honesta, coisa que não me parece bem ao estilo da atual administração. Vamos encarar os problemas de frente, senhores gestores! O que não pode é deixar o povo sem condições de atravessar o rio de margem a margem para seguirem com seu cotidiano normal. #APonteÉDeTodos. Prestem a atenção!...

Por Demetrius Macêdo
Repórter Interbairros

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Quando me perguntam se é possível aplicar na educação brasileira práticas bem-sucedidas de países com melhores resultados educacionais que o Brasil, costumo responder - para surpresa do interlocutor - com uma afirmação e uma negativa. Essa conjunção de ‘sim e não’ é a...
Até o pleito de outubro, os eleitores colocarão uma lupa sobre os candidatos. Farão um controle mais apurado do que em eleições passadas. Primeiro, em função da desconfiança que paira sobre os políticos. Segundo, porque o voto começa a sair do coração para subir à cabeça. O voto...
Na esteira da decretação de intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, vemos o embate de como executar o trabalho. Membros do governo dizem que as Forças Armadas não terão poder de polícia, falam em ação de busca e apreensão monitorada pelo Judiciário e...
Isso é Brasil! Até onde vai a promiscuidade dos nossos governantes?  Será que estão realmente preocupados com a melhoria do ensino de medicina ou com possíveis futuros financiadores de campanhas políticas, em face à realidade nacional?  Pois bem; de olhos gananciosos no alto...
O escritor sergipano Ariosvaldo Figueiredo escreveu certa vez que “moralismo e juridicismo são vertentes ideológicas de uma pequena minoria conservadora”. Frase que nunca esteve tão atual como nos dias em que vivemos, onde quem deveria zelar pela moral e pelos bons...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Como falar às crianças e adolescentes sobre respeito às diferenças? E se essas diferenças forem algo de certa forma muito difícil de explicar? É isso que faz de forma poética e muito alegre o livro Você sabe quem eu sou? Então vou te contar, de Herica B. T. Secali.
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK