Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Governo Federal > Cadastro de empresas para informatização do SUS estará disponível 30 dias
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Cadastro de empresas para informatização do SUS estará disponível 30 dias
11/08/2017 as 17:55 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir
Uma lista de empresas cadastradas para atuar na informatização das unidades de saúde estará disponível para prefeitos de todo o país em cerca de 30 dias, informou hoje (11) o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ele disse que mais de 120 empresas  compareceram à audiência pública sobre o tema e que um cadastro ficará permanentemente aberto para que novas empresas se candidatem a prestar o serviço.

Barros visitou unidades de saúde na Baixada Fluminense e disse que a União vai dividir os custos da informatização com os municípios. No caso daqueles que já adotam essas práticas, o governo federal vai dar uma contrapartida para auxiliar no compartilhamento das informações.

"Importa para o ministério a informação. Saber tudo o que acontece na saúde e garantir aos brasileiros o prontuário eletrônico, que vai economizar muito recurso, por não repetir exames, consultas e entregas de medicamentos", disse Barros. "Tudo vai estar no prontuário eletrônico do cidadão."

A União também vai ser responsável pelo cadastro das empresas que poderão ser contratadas, e os municípios deverão escolher a prestadora de serviço, instalar conectividade e equipamentos e treinar os servidores.

Além da instalação do prontuário eletrônico, a informatização busca o registro da biometria dos usuários e servidores públicos do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo do ministério é monitorar o cumprimento da jornada de trabalho dos profissionais e facilitar o acesso deles às informações sobre pacientes.

Sobre os médicos do SUS, Barros estimou que, se os 67 mil profissionais cumprissem 24 horas semanais de consultas, com duração de 15 minutos, o número de consultas dobraria. "Não é esforço nenhum. é só cumprir o contrato de concurso público que foi feito com a comunidade, que é o patrão de todos nós, servidores públicos", disse ele, que reconheceu que será necessário "remunerar melhor" os profissionais.

Baixada Fluminense

O ministro participou hoje de uma solenidade no Hospital Municipal Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, para marcar o repasse de R$ 15 milhões para ampliação da unidade. A prefeitura estima que as obras sejam contratadas ainda neste ano.

Com a obra, o hospital deve ganhar serviço especializado de obstetrícia, cirurgia eletiva e retaguarda clínica para urgências e emergências.

Barros visitou também as obras do Hospital do Olho, em Duque de Caxias, e o Hospital Municipal de Nova Iguaçu, mais conhecido como Hospital da Posse.

Da Agência Brasil

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
Disse o Sérgio Moro de sempre, diante de um comentário do ex-presidente Lula sobre os desmandos da justiça, que não debateria “publicamente com pessoas condenadas por crimes”. É a cara dele. Acha-se no direito de tecer comentários sobre tudo e sobre todos, projetando-se...
Nos últimos três anos, a Petrobras, maior empresa brasileira, foi alvo de um processo sistemático de desmoralização. Como resultado, a companhia começou a ser esquartejada, com vários de seus ativos sendo vendidos sem nenhuma transparência, e o pré-sal, maior...
Virou moda atribuir a violência e a criminalidade à falta de policiamento ou aos métodos de trabalho empregados pela força policial. O tema já sustentou muitas campanhas eleitorais e serviu de instrumento para os agitadores sociais atingirem seus objetivos. Uns clamam por maior presença...
Lembrei-me da música “A ordem do inverso” quando vi a reportagem sobre o primeiro transplante de coração do mundo. O Brasil parece ser mesmo o país do tanto faz, o que é correto já não vale mais, pelo visto roubaram SIM a imparcialidade da impressa, mas do simples cidadão a consciência, ainda não. Veja como se encontra a “imparcialidade da imprensa” nessa reportagem do fantástico em comemoração aos 50 anos do...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK