Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Futebol > Promoção do futebol nas escolas é política de Estado na China
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Promoção do futebol nas escolas é política de Estado na China
17/07/2017 as 09:22 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

Alunos da escola nº 1 de Sanlitun em Pequim treinam futebol. Atualmente, esporte é
praticado em 20 mil colégios no país.
Foto: Ana Cristina Campos/Agência Brasil

Na escola pública nº 1 de Sanlitun, na região central de Pequim, alunos do ensino fundamental e médio treinam semanalmente dribles, embaixadinhas e outros passes de futebol, esporte ainda pouco praticado na China. Pioneiro no país a adotar essa modalidade esportiva no currículo escolar, o colégio tem investido na descoberta de jovens talentos para as ligas profissionais.

A escola é uma das 20 mil no país alinhadas com o propósito de popularização da cultura futebolística estabelecido pelo Plano de Desenvolvimento do Futebol Chinês 2016–2050. Publicado no ano passado pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, o plano tem como umas das metas tornar a China uma superpotência no esporte até 2050.

Em março, a Associação Chinesa de Futebol divulgou objetivos de curto prazo, como a melhora da seleção nacional no ranking mundial passando do 82º lugar para o 70º, a formação de um milhão de jovens jogadores e a construção de 60 mil campos de futebol até 2020.

O diretor do Comitê de Especialistas para a Promoção do Futebol de Campo do Ministério da Educação chinês, Jin Zhiyang, disse que o objetivo do governo é chegar a 50 mil colégios no país com treinamento de futebol até 2025.

Segundo ele, a política de promoção do futebol nas escolas visa ao desenvolvimento sustentado do esporte no país, conhecido pela excelência em modalidades como tênis de mesa, natação e ginástica olímpica. “Queremos melhorar a saúde dos alunos e fundar uma base sólida para o desenvolvimento do futebol na China”, disse. “Não há pressa. É um projeto de longo prazo.”

A diretora da escola de Sanlitun, Wang Liru, conta que a equipe de futebol do colégio alcança os primeiros lugares nos pódios dos campeonatos escolares regionais por causa do treinamento intenso, do investimento na capacitação dos professores de educação física e em bons equipamentos esportivos, como campo e iluminação de quadra. A escola, que começou as aulas de futebol há dez anos, recebe uma verba anual de 500 mil iuanes (aproximadamente R$ 250 mil) do governo para ser investida no esporte.

A ideia, segundo a diretora, é descobrir talentos para o futebol desde o ensino fundamental e apoiá-los para que se profissionalizem na carreira. Entre os planos da escola para a promoção do esporte, figuram a contratação de treinadores estrangeiros, a intensificação do intercâmbio com os clubes profissionais do país e a montagem de uma equipe de futebol feminino.

Investimento milionário

Fã do esporte, o presidente chinês Xi Jinping tem promovido intensamente o apoio à modalidade. Ele diz esperar que a seleção nacional ganhe uma Copa do Mundo. Após encontro com o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Gianni Infantino, em Pequim, em 14 de junho, o presidente chinês declarou que tornar a China uma potência desportiva é um dos objetivos para o desenvolvimento do país. “O governo chinês atribui grande importância ao desenvolvimento do futebol e tem providenciado um apoio sólido e sustentado”, afirmou na ocasião.

Xi Jinping reconheceu que a popularidade e o nível de competitividade do futebol chinês estão aquém dos países onde o esporte está consolidado, mas que os esforços para mudar essa realidade incluem a promoção da cultura do futebol na sociedade, a profissionalização do sistema de gestão desportiva, a aposta na formação de futuros talentos, a melhora da infraestrutura esportiva e o incremento do intercâmbio com jogadores e treinadores estrangeiros.

Nesse sentido, a China vem investindo fortemente na contratação milionária de profissionais estrangeiros: o técnico Luiz Felipe Scolari e os jogadores Alexandre Pato e Hulk são alguns dos brasileiros que atuam em times chineses. Segundo o jornal oficial Diário do Povo, 16 clubes chineses pagaram cerca de US$ 410 milhões na contratação de estrangeiros durante a temporada de inverno 2016-2017.

Da Agência Brasil
A repórter viajou a convite do Centro de Imprensa China–América Latina e Caribe

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Se tem um político no Brasil que sempre sonhou em ser Presidente da República, mas com suas trapalhadas verbais pelo visto nunca vai chegar ao cumprimento do sonho, este se chama Ciro Gomes. Cada vez que se aproxima de um cavalo que está bem perto de uma sela ele...
Na qualidade de escritor e jurista e abolicionista contemporâneo, peço “venia” para congratular-me com a nobre Dra. Raquel Elias Ferreira Dodge que no próximo dia 18 de setembro tomará posse como nova Procuradora-Geral da República, nomeada pelo presidente da República Michel Temer, através do...
No intervalo de quatro meses – que é nada no laspso da história – os irmãos Batista (Joesley e Wesley) deixaram o status de empresários brasileiros muito bem sucedidos e deram com os costados na cadeia de onde, mesmo com todo o dinheiro que juntaram, poderão ter dificuldade para...
O que significa hoje viver no Brasil quando se tem um filho ou uma filha adolescente?  É claro que não estou generalizando, mas num país de 207 milhões de habitantes, onde na sua grande maioria são jovens, fica patente que o investimento do narcotráfico é no mínimo interessante. Talvez isso seja o motivo pelo qual as antigas e conhecidas drogas estão dando lugar as novas drogas sintéticas, muitas das quais nem sequer podem...
Para a 58a sessão da Comissão do Status da Mulher (CSW), que ocorreu na sede da ONU em Nova York, EUA, de 10 a 21 de março de 2014, junto das recomendações da LBV às autoridades no evento, enviei mensagem publicada na revista BOA VONTADE Mulher, especialmente preparada...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK