Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Notícias Destaque > Legislativo de Barreiras > Juiz e promotor da Vara da Infância de Barreiras ocupam Tribuna Popular da Câmara de Barreiras
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
Juiz e promotor da Vara da Infância de Barreiras ocupam Tribuna Popular da Câmara de Barreiras
16/06/2017 as 15:49 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir



Debater os trabalhos que estão sendo realizados pela Comarca de Barreiras em prol dos Direitos da Infância e da Juventude, foi o objetivo da Tribuna Popular de quarta-feira, 14, ocupada pelo juiz Ricardo Costa e Silva e pelo promotor Fernando Carvalho Villar de Souza, da Vara da Infância e da Juventude, onde foi explicado que os processos de adoção estão sendo feitos dentro do prazo, e quanto aos delitos cometidos pelos menores, hoje o julgamento acontece de maneira bem mais rápida.

Os responsáveis pela Vara da Infância e da Juventude, ao falar dos trabalhos, disseram que a prioridade são as crianças que estão em situação de risco e mostraram-se preocupados com o atendimento aos menores, e dentre os principais pontos destacados, ficou a falta de continuidade dos contratos entre o município e as instituições que desenvolvem atividades em benefício das crianças e dos adolescentes, e neste sentido, pediram ajuda da Câmara para tentar resolver o problema. Sempre ao final de cada gestão, as ONGS e projetos ficam sem assistência.

Como sugestão de solução para os problemas de continuidade dos contratos, o juiz e o promotor, discutiram sobre a possibilidade de aprovação de dotação orçamentária legislativa para que verbas sejam destinadas para aplicação em projetos sociais, evitando o risco das instituições deixar de funcionar no final do mandato de cada gestão municipal, e também a fomentação de convênio entre faculdades, contabilidades e assessorias jurídicas para dar suporte técnico às organizações não governamentais, já que existe a dificuldade na hora da prestação de contas.

Representantes das ONGS e projetos estiveram presentes na sessão para ouvir o juiz Ricardo Costa e Silva e o promotor Fernando Carvalho Villar de Souza, assim como os vereadores que se posicionaram a favor do trabalho conjunto em busca de soluções  para o melhor atendimento às crianças e aos adolescentes do município. Esta é a primeira vez, nesta Legislatura, que a Câmara trata a respeito da situação da Infância e da juventude em Barreiras, discussão que terá continuidade, visando a construção de políticas que acabem com as dificuldades enfrentadas no acolhimento dos menores.

“A presidência desta Casa já teve em audiência com o prefeito e a secretária de assistência social cobrando a manutenção dos projetos. Alguns convênios já foram feitos, outros ainda estão sendo dialogados, mas esta Casa entende que os projetos sociais, que deveriam ser função do Estado, aí incluindo todas as esferas, mudam realidade, prevenindo situação de risco. Nós, vereadores, firmamos o compromisso de nos empenharmos, na aprovação de dotação orçamentária que destine recurso específico para os convênios com os projetos sociais. Nós não podemos, no Plano Plurianual, negligenciar essas demandas do município de Barreiras”, disse o presidente Gilson Rodrigues.                           

Ascom Câmara de Barreiras 

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
Disse o Sérgio Moro de sempre, diante de um comentário do ex-presidente Lula sobre os desmandos da justiça, que não debateria “publicamente com pessoas condenadas por crimes”. É a cara dele. Acha-se no direito de tecer comentários sobre tudo e sobre todos, projetando-se...
Nos últimos três anos, a Petrobras, maior empresa brasileira, foi alvo de um processo sistemático de desmoralização. Como resultado, a companhia começou a ser esquartejada, com vários de seus ativos sendo vendidos sem nenhuma transparência, e o pré-sal, maior...
Virou moda atribuir a violência e a criminalidade à falta de policiamento ou aos métodos de trabalho empregados pela força policial. O tema já sustentou muitas campanhas eleitorais e serviu de instrumento para os agitadores sociais atingirem seus objetivos. Uns clamam por maior presença...
Lembrei-me da música “A ordem do inverso” quando vi a reportagem sobre o primeiro transplante de coração do mundo. O Brasil parece ser mesmo o país do tanto faz, o que é correto já não vale mais, pelo visto roubaram SIM a imparcialidade da impressa, mas do simples cidadão a consciência, ainda não. Veja como se encontra a “imparcialidade da imprensa” nessa reportagem do fantástico em comemoração aos 50 anos do...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK