Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia

> Principal > Notícias Destaque > Barreiras, Bahia > “Feira de Barreirinhas” no mato e na lama. Até quando?
 
NOTÍCIAS DO DIA... NOTÍCIAS DO DIA...
“Feira de Barreirinhas” no mato e na lama. Até quando?
08/04/2017 as 10:08 h  Autor Editoria  Imprimir Imprimir

A conhecida “Feira de Barreirinhas” continua um caos. Descaso dos últimos administradores de Barreiras e das autoridades ambientais que existem em nosso município. O certo é que, nunca fizeram um projeto que, de fato, colocasse aquele local como digno para os feirantes e os consumidores. Quando chove, a lama invade todos os setores do espaço público, o que deveria ser abolido há tempos.

Se houvesse fiscalização concreta, esta hipótese seria descartada; mas não é o que vemos. Existem vários motivos para a população ficar indignada, principalmente a questão da lama e de falta de vagas de estacionamento para os veículos, como testemunham as pessoas que frequentam o local e presenciam tudo isso. Um dos testemunhos nos revela: “no último dia 26, fui comprar feijão verde e a lama invadia quase todos os estabelecimentos”, afirmou. Um cidadão goiano, que também comprara a leguminosa, comentou: “se fosse no Goiás, a Promotoria Pública já teria interditado este patrimônio público, que não oferece qualquer condição de higiene e limpeza, para cuidar da saúde da população. É um fato inadmissível”, concluiu a pessoa que não quis se identificar.


Obra inacabada e mal resolvida, deixada pelos ex-gestores, Antonio Henrique, Saulo Pedrosa e Jusmari Oliveira, que se eximiram da responsabilidade pública como administradores.

É normal vermos produtos perecíveis sendo expostos de qualquer maneira à poeira, esgoto a céu aberto, sem refrigeração, sem um mínimo de condições de armazenamento. Eu questiono: onde está a vigilância sanitária do município?

Por outro lado, existe a omissão dos próprios feirantes, que não se unem, como para fundar uma instituição de defesa de seus direitos e deveres, sendo uma entidade de classe, cooperativa ou algo similar. Quem paga é a população.

E o pior! O Ministério Público não reage; nem sabe o que os promotores estão fazendo para combater certas mazelas à população barreirense. Como prova disso, supostas irregularidades e de corrupção constatadas em serviços de reforma, ampliação e construção de algumas escolas de Barreiras na última gestão. As denúncias dão conta de que duas empresas teriam embolsado cerca de R$ 3,6 milhões por serviços não executados, superfaturamento e desvio de materiais como portas, telhas e luminárias, entre outros itens. Nesta época, o MP prometeu investigar com rigor; mas, até então, ninguém dá notícia de nada.

E como ficamos?!

Em contrapartida, recentemente o prefeito Zito Barbosa divulgou que “assim que as chuvas passarem daremos início a uma grande reestruturação da feira. Vamos reformar, pavimentar e cobrir. Isso trará maior conforto e comodidade a feirantes e consumidores”, concluiu.

Já passava da hora de o poder público tomar uma iniciativa definitiva em questão à feira de Barreirinhas. Que, na realidade fica na Vila Rica! Que esta reforma seja realmente bem executada.

Por Demetrius Macêdo
Repórter Intebairros

Comente via Facebook

Mais Notícias
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Quando menos se espera, chega a grande crise. O presidente da República que, na quarta-feira passada, comemorava o começo da recuperação no mercado de trabalho e outros indicadores favoráveis da economia, resta hoje denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal), perde...
Essa é uma pergunta que corre pelo Brasil. A resposta é SIM. Lula será preso. É só uma questão de tempo e procedimentos legais, que sabemos, são demorados, especialmente quando envolvem um ex-presidente. Não há mais como sustentar a defesa de Lula, que nunca soube de...
Meu sobrinho de sete anos, Ramon, saiu-se com esta, recentemente, quando lhe deram um texto escrito em letra cursiva para ele ler: “Como é que vocês me dão uma coisa com uma letra que eu não sei ler?” E ele tinha razão. Ele está sendo alfabetizado pelo sistema novo que...
Convido o leitor a fazer um experimento, passe a língua na superfície dos dentes naturais e perceba a textura lisa que eles possuem. Repita após ter comido uma fruta ou tomado um copo de suco de limão ou laranja. Conseguiu perceber a diferença? Antes liso e depois “áspero”? Muitos de...
Não é preciso ir longe para assistir exemplos de que a sociedade anda com vários problemas. Ligue a TV, assista ao telejornal e preste atenção nas matérias divulgadas. Violência, preconceito e corrupção são palavras já comuns em nosso dia a dia, e o pior, nós nos acostumamos com...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img


img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
Os Direitos Humanos e os Valores Humanistas estão presentes nas mais diversas tradições religiosas e filosóficas da Humanidade. Eles não são monopólio do Ocidente ou propriedade cristã. As maiores religiões e sistemas filosóficos afinam, nos seus grandes postulados, com as...
O ex-ministro Luiz Carlos Borges da Silveira, que ocupou a pasta da saúde entre os anos de 1987 e 1989, no governo de José Sarney, acaba de lançar seu novo livro: “Nova República: 30 Anos de altos e baixos”. A obra retrata o período que vai do fim da ditadura militar e eleição do primeiro presidente...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK