Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Conversa com a Presidenta > 2014 > 11/06 - Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff
 




11/06 - Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff
11/06/2014 as 10:32 h  Autor Sec. de Imprensa da Presidência da República  Imprimir Imprimir
Brasil Sorridente garante o direito de sorrir

Estamos comemorando dez anos da criação do Brasil Sorridente, o programa do Sistema Único de Saúde que oferece atendimento dentário gratuito à nossa população. Antes de o Brasil Sorridente ser criado pelo presidente Lula, em 2004, praticamente não havia atendimento dentário no SUS. E o pouco que existia funcionava precariamente.

Mudamos totalmente essa situação. Hoje, o SUS tem 1.013 Centros de Especialidades Odontológicas do Brasil Sorridente, e mais 23.100 equipes de saúde bucal trabalhando nos postos de saúde. Nossa capacidade atual de assistência odontológica gratuita já atinge 80 milhões de pessoas em 89% dos municípios do país – mais de 4.900 municípios. Vamos fazer mais. Até o final do ano, serão inaugurados mais de cem novos centros, e a nossa meta é oferecer serviços de saúde bucal no país inteiro.
 
Nestes dez anos, investimos R$ 7 bilhões no Brasil Sorridente. No ano passado, foram R$ 1,28 bilhão. Para 2014, está previsto o investimento de R$ 1,8 bilhão. Esses recursos estão permitindo que milhões e milhões de brasileiras e brasileiros possam sorrir sem esconder a boca. É esse o direito que garantimos ao brasileiro: o direito de sorrir, mastigar bem, beijar e se sentir feliz com dignidade.

O Brasil Sorridente oferece tratamento dentário de todo tipo. Nos centros especializados do Brasil Sorridente, a população conta com assistência de maior complexidade: cirurgias, tratamento de canal, tratamento de gengivas e até diagnóstico de câncer de boca. Alguns centros já oferecem implantes e ortodontia, que é a especialidade que corrige a posição dos dentes. As equipes de saúde bucal nos postos de saúde são responsáveis pelos procedimentos básicos, como a limpeza de dentes e tratamento de cáries, além de ensinar a população a escovar os dentes corretamente. Onde houver uma unidade do Brasil Sorridente, o atendimento está garantido.

O programa também tem uma estratégia para atender quem mora em áreas rurais ou em locais distantes: contamos hoje com 185 consultórios móveis, instalados em vans com todos os equipamentos que um consultório odontológico fixo tem. As equipes levam o atendimento a áreas rurais, a assentamentos da reforma agrária, a aldeias indígenas, a comunidades quilombolas. Ou seja, em todos os lugares onde há brasileiras e brasileiros necessitados de atenção bucal. Além disso, 425 centros odontológicos do Brasil Sorridente estão incluídos na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência. Isso é muito importante, porque o meu governo defende que a pessoa com deficiência deve ter direito a viver sem limites. Por isso, investimos cada vez mais na qualificação dos profissionais que vão prestar atendimento às pessoas com deficiência. Só no ano passado, liberamos R$ 11,8 milhões para as unidades dentárias que atendem pessoas com deficiência.
 
Quando não é mais possível recuperar os dentes, o programa devolve o sorriso às pessoas com a colocação das chamadas próteses dentárias, também conhecidas como dentaduras. Só no ano passado, foram colocadas 471 mil dentaduras. E a meta para 2014 é alcançarmos a marca de 500 mil próteses, inclusive pontes fixas e móveis. Em dez anos de programa mais de 2,1 milhões de brasileiras e brasileiros receberam dentaduras e pontes produzidas nos laboratórios regionais de prótese dentária credenciados pelo Ministério da Saúde em mais de 1.400 municípios.
 
Como os cuidados com a saúde bucal devem começar cedo, as crianças e os adolescentes recebem um tratamento especial do Brasil Sorridente, que atua também nas escolas. É nessa fase que os dentes precisam ser bem tratados para estarem fortes e resistentes na vida adulta. E as nossas ações já mostram resultados. Hoje, o Brasil faz parte do grupo de países com baixa incidência de cárie aos 12 anos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Cerca de 45% das nossas brasileirinhas e dos nossos brasileirinhos estão livres da cárie. Nestes dez anos de Brasil Sorridente, o número de adolescentes e adultos que sofreram algum tipo de perda dentária foi reduzido pela metade.
Outra razão importante para a diminuição de cáries nas nossas crianças e adolescentes, e também na população em geral, são as políticas de fluoretação, que é a adição de flúor na água encanada que chega às casas, às escolas e aos locais de trabalho.
 
A saúde bucal é fundamental para a saúde integral da pessoa humana. Estendê-la a toda população faz parte das diretrizes gerais de redução das desigualdades durante meu governo.
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Se tivesse conseguido mobilizar todos os trabalhadores, a dita greve geral causaria um prejuízo de R$ 16 bilhões à economia brasileira. Esse número é o que resulta da divisão do PIB (Produto Interno Bruto) anual – R$ 6 trilhões - por 365 dias. Mas, mesmo não tendo chegado a essa...
Entrou na pauta da Câmara dos Deputados a nova versão do projeto de reforma trabalhista, agora a partir do relatório apresentado pelo deputado Rogério Marinho, relator da Comissão Especial que analisa a proposta. Como ocorre na fantasia, na dura realidade do País, a formiga...
Em 1891 uma polêmica agitou os círculos operários e socialistas na Europa. Naquela época, tratava-se de fixar o 1º de maio como data internacional a ser comemorada em todos os países. Mas naquele ano os socialistas alemães resolveram que comemorariam o 1º de maio (que caía em...
O fim do imposto sindical é um crime contra a democracia e contra os trabalhadores. Fragiliza o mundo do trabalho e libera o mercado para ter ainda mais lucros, abrindo caminho para ampliar a nossa dramática desigualdade social, uma das maiores do mundo. Os mais pobres vão...
O ser humano se constrói todos os dias e um pouco por dia. Ninguém nasce pronto e nunca estaremos prontos. Vamos nos fazendo. Estamos abertos a construção. Por isso, quando alguém diz "eu já fiz tudo", " eu já sei tudo", está indo contra a própria dinâmica da vida de estar sempre...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img


img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
Os Direitos Humanos e os Valores Humanistas estão presentes nas mais diversas tradições religiosas e filosóficas da Humanidade. Eles não são monopólio do Ocidente ou propriedade cristã. As maiores religiões e sistemas filosóficos afinam, nos seus grandes postulados, com as...
O ex-ministro Luiz Carlos Borges da Silveira, que ocupou a pasta da saúde entre os anos de 1987 e 1989, no governo de José Sarney, acaba de lançar seu novo livro: “Nova República: 30 Anos de altos e baixos”. A obra retrata o período que vai do fim da ditadura militar e eleição do primeiro presidente...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK