Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > O Brasil e nosso precário desenvolvimento científico
 
O Brasil e nosso precário desenvolvimento científico
09/08/2017 as 09:56 h  Autor João Antonio Pagliosa  Imprimir Imprimir
A Educação é o fator primordial para o desenvolvimento de uma nação. E com a Educação alcançaremos desenvolvimento em todas as áreas da ciência.

Países como Israel, Coréia do Sul, China, Japão, e Índia, são exemplos emblemáticos... Ele investem pesado em ciência e tecnologia, e em razão disso, saíram da pobreza para a riqueza, num espaço de tempo de cinco a seis décadas apenas.

Entretanto, no Brasil, a educação é uma tragédia em todos os níveis.

Adquirir um diploma de segundo grau, ou um diploma universitário, é algo que se resolve em questão de poucas horas... Diplomados que desconhecem tudo, abundam por aí...

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, vem defendendo que investimentos na área da ciência, alcancem pelo menos 2% do valor do PIB, mas estamos muito longe disso... E este valor é mais de 4% em Israel e na Coréia do Sul, e em torno de 3,5% no Japão.

Qualquer país sério e comprometido com a riqueza de seu povo, investe dinheiro graúdo em ciência e tecnologia, isto é, sempre acima de 2% de seu produto interno bruto. E investem porque o retorno é garantido!

Aqui no Brasil, o Ministério da Ciência e Tecnologia, Inovação e Comunicações, (houve fusão de ministérios), neste 2017 sofrerá corte de 44% nos seus recursos. Assim, dos R$5,81 bilhões que seriam investidos originalmente, o valor minguou para R$3,27 bilhões... Isto é, o que já estava ruim, vai ficar pior... Um desalento para muitos abnegados cientistas... Vai ficar difícil!

Pasmem, estes 3,27 bilhões de reais é a metade do investimento de 2005, em valores corrigidos monetariamente...

Não é a toa, pois, que ocupamos apenas a 69º posição no ranking internacional de inovação científica. UMA VERGONHA!

Quem se informa minimamente, sabe e reconhece, que não se desenvolve um país sem financiamento contínuo na área científica. Por isso, entendo que há muita miopia na visão dos Ministérios da Fazenda e do Planejamento, sob comando de Henrique Meirelles e Dyogo Oliveira, respectivamente.

Apesar de transito frequente em muitas universidades do mundo, estes dois ministros não entenderam que o corte de  investimentos da área científica é como dar um tiro no próprio pé... O país freia...

Ora, nós precisamos copiar modelos que vem dando certo há décadas...

Israel e a Coréia do Sul, por exemplo, alcançaram progresso e riqueza para seus povos, principalmente via desenvolvimento científico.

Simples assim!

Não tentem reinventar a roda, prezados!




João Antonio Pagliosa
Engenheiro Agrônomo

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

No clássico “Raízes do Brasil”, o historiador Sérgio Buarque de Holanda, ao falar do homem cordial como uma marca indestrutível do caráter brasileiro (cordial não quer dizer para ele bondoso, mas retrata principalmente os que agem movidos pela emoção e não pela razão), desdobra-se...
Quando cito em minhas palestras e escritos os educadores, procuro dirigir-me não apenas aos heroicos profissionais dessa vocação, aos que realmente merecem essa deferência, contudo, àqueles que recebem de Deus (todos nós) a missão de encaminhar pela estrada correta...
Um ano depois da posse definitiva – ocorrida a 31 de agosto – o presidente Michel Temer ainda bate cabeça para definir a diretriz do seu governo. A ampliação do rombo das contas públicas, que agora tentará aprovar no Congresso, obriga o governo a tomar dinheiro emprestado do...
Uma nova modalidade de safadeza está acontecendo no mundo político no Brasil, e poucas pessoas estão atentas para isso por causa do forte ingrediente do personalismo na política. São os partidos políticos que para limpar a sujeira de suas roupas velhas, para fazer com que...
As últimas décadas foram repletas de mudanças na sociedade, de uma forma tão intensa, que talvez não tenha ocorrido antes. Nosso mundo globalizado possibilita chegarem rapidamente pensamentos e fatos, de uma parte a outra do mundo, especialmente com o advento das...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK