Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > Jair Bolsonaro está fazendo as malas para ir embora do Brasil
 
Jair Bolsonaro está fazendo as malas para ir embora do Brasil
27/07/2017 as 10:37 h  Autor Genaldo de Melo  Imprimir Imprimir
Pateticamente uma parcela da sociedade brasileira que demonstra a cada dia que tem aversão a leitura da história, e principalmente para acompanhar a memória política de alguns indivíduos que se colocam como alternativa de poder no país, está querendo comprar gato por lebre em relação a possibilidade de candidatura à Presidência da República em 2018 do representante da extrema-direita brasileira, o deputado federal carioca, Jair Bolsonaro.

Não precisa ser muito inteligente, ou ser um especialista em assuntos do mundo político, para entender que o que Bolsonaro quer mesmo, porque sabe que não tem grupo político e nem apoio político de grupos políticos consolidados, é de novo projetar seu nome para ficar em evidência, e de novo se eleger com folga para deputado federal, e talvez até mesmo ser um Senador da República.

Bolsonaro sempre foi um embuste em matéria de política, e prova disso é que em 26 anos como deputado federal não teve a capacidade de articulação política para aprovar mais do que os seus dois únicos projetos na Câmara dos Deputados. O que ele quer mesmo é continuar numa boa com foro privilegiado e um gabinete para continuar dizendo as bobagens que diz contra a população negra, que é a maior parcela da população brasileira, jogar seus impropérios contra homossexuais e minorias, e dizer que lugar de mulher é na cozinha.

Realmente não precisa resistir ao raciocínio para pelo menos dialogar com a sua própria história, repetindo as mesmas coisas há mais de vinte anos, para se saber que quem decide politicamente as eleições presidenciais nesse país jamais vai deixar de apoiar projetos políticos mais pautados em nossa própria realidade, para entrar em aventuras de um indivíduo que diz que se ganhar as eleições a primeira coisa que faz é destituir o Congresso Nacional, que ele mesmo faz parte.

Mesmo com todos nossos problemas não teremos necessariamente um ditador na Presidência da República, porque o próprio povo não quer e vai entender melhor isso na própria campanha eleitoral se ele participar, porque ninguém vai ser limitado de participar das eleições e não mostrar suas idéias tortas, talvez sem nem mesmo saber o que significa o Estado que abarca tudo de Giovanni Gentile.

Mas de uma coisa é certo, Bolsonaro aprendeu mesmo a lidar e manter seus fiéis eleitores, e tentar conquistar uma parcela do eleitorado que não ler os livros de história, e provavelmente não vai ler mais com a nova Reforma do Ensino Médio. Mas ele já começa a deixar a mosca azul das pesquisas eleitorais enfeitiçar seu juízo. Como é que pode dizer que não aceita numa democracia perder as eleições de 2018, e que se isso acontecer ele vai embora do Brasil? Fica difícil querer ser Presidente de uma nação democrática que se não votar nele, ele vai embora abandonando seu povo!




Por Genaldo de Melo
Fonte: genaldo40.blogspot.com

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img


img
RSS  Artigos Artigos

Quando me perguntam se é possível aplicar na educação brasileira práticas bem-sucedidas de países com melhores resultados educacionais que o Brasil, costumo responder - para surpresa do interlocutor - com uma afirmação e uma negativa. Essa conjunção de ‘sim e não’ é a...
Até o pleito de outubro, os eleitores colocarão uma lupa sobre os candidatos. Farão um controle mais apurado do que em eleições passadas. Primeiro, em função da desconfiança que paira sobre os políticos. Segundo, porque o voto começa a sair do coração para subir à cabeça. O voto...
Na esteira da decretação de intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, vemos o embate de como executar o trabalho. Membros do governo dizem que as Forças Armadas não terão poder de polícia, falam em ação de busca e apreensão monitorada pelo Judiciário e...
Isso é Brasil! Até onde vai a promiscuidade dos nossos governantes?  Será que estão realmente preocupados com a melhoria do ensino de medicina ou com possíveis futuros financiadores de campanhas políticas, em face à realidade nacional?  Pois bem; de olhos gananciosos no alto...
O escritor sergipano Ariosvaldo Figueiredo escreveu certa vez que “moralismo e juridicismo são vertentes ideológicas de uma pequena minoria conservadora”. Frase que nunca esteve tão atual como nos dias em que vivemos, onde quem deveria zelar pela moral e pelos bons...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Como falar às crianças e adolescentes sobre respeito às diferenças? E se essas diferenças forem algo de certa forma muito difícil de explicar? É isso que faz de forma poética e muito alegre o livro Você sabe quem eu sou? Então vou te contar, de Herica B. T. Secali.
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK