Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > SONHOS E EXPECTATIVAS
 
SONHOS E EXPECTATIVAS
11/07/2017 as 09:20 h  Autor João Antonio Pagliosa  Imprimir Imprimir
São os nossos sonhos que nos movem, eles nos impelem a continuar batalhando por dias melhores e mais felizes.

Não é assim?

Embora o povo brasileiro, ricos e pobres, esteja vivendo período conturbado e envolto em mar de incertezas, considero bastante recomendável recordar dois versículos da Bíblia Sagrada.

"Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito". Romanos 8:28 "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu". Eclesiastes 3:1 Como está a sua expectativa em relação a seus sonhos e a seus projetos de vida, meu prezado leitor?

Admoesto-o para que não se deixe abater em função da situação política que estamos vivendo... Acredite, o que está acontecendo acontece, porque o país está iniciando o encerramento de um ciclo de rapinagem generalizada... Rapinagem por parte da classe política... Rapinagem por parte da classe empresarial.

Mas há boas novas... Novas lideranças irão surgir... E o Brasil será outro... O Brasil encontrará o seu norte! E brilhará!

É imprescindível que compreendamos algumas coisas que Deus quer nos dizer...

É mister entender que depois da tempestade, vem a bonança!

No Livro de 2 Reis, capítulo 24, lemos que o reinado de Joaquim, cai frente o exército de Nabucodonosor, rei da Babilônia, o qual levou cativa toda a nobreza de Jerusalém. Levou também todos os tesouros, todos os príncipes, todos os homens valentes, todos os artífices e ferreiros; ninguém ficou, exceto o povo pobre da terra, os velhos e os doentes, que para pouco ou nada serviam.

E Nabucodonosor estabeleceu rei, em lugar de Joaquim, ao tio paterno deste, Matanias, de quem mudou o nome para Zedequias.

Ora, Zedequias ficou em Jerusalém para governar o povo deixado ao léu por Nabucodonosor... Aleijados, paralíticos, velhos, doentes...

Pessoas quase inúteis para qualquer trabalho.

E Zedequias em pouco tempo, sonhou libertar-se do domínio da Babilônia... Então fez laços de amizade com o Egito... E imaginou que talvez pudesse fazer frente ao domínio dos babilônios... E derrotá-los... E, se por ventura tal ocorresse, voltariam a viver com qualidade de vida... Um sonho!

Apesar das muitas divergências entre Israel e Egito, eles uniram forças, e então os egípcios decidiram enfrentar o rei Nabucodonosor.

E Zedequias, com a aliança egípcia, levantou-se contra a Babilônia, sonhando libertar-se do jugo... Porém, sem consultar Deus... E fazendo coisas más aos olhos do Senhor.

Nabucodonosor tomou conhecimento deste levante e investiu fortemente contra o Egito...

E Zedequias foi alcançado pelo exército babilônico, e ele presenciou seus filhos serem degolados sem nenhuma piedade, à sua frente...

Logo após seus olhos foram vazados, e Zedequias foi levado como escravo para a Babilônia.

Matanias, agora Zedequias, mesmo sendo um rei fantoche, mesmo reinando sobre velhos e doentes, ele e seu povo tinham liberdade. Era vida difícil e trabalhosa mas eram homens livres... Os babilônios não os importunavam...

Veja, prezado leitor, as atitudes de uma só pessoa podem levar um país à ruína...

Matanias deve ter se lamentado muito sobre o que decidiu fazer...

O povo de Israel havia se desviado de Deus... Eles se corromperam e faziam coisas más diante dos olhos do Senhor...

Aquele rei fantoche queria a vitória sobre Nabucodonosor, porque queria reinar como um rei de verdade... Mas ele esqueceu de obedecer e de seguir a Deus.

Daí, dá tudo errado!

Eu João, tenho visto pessoas viverem dificuldades porque fazem alianças com pessoas erradas... Isto os leva à ruína moral e financeira, e há inúmeros exemplos assim à nossa volta... Todos os dias somos bombardeados pela criminalidade que abunda em todos os cantos e recantos. É caos sobre caos...

O país não merece isso... O povo brasileiro não merece viver assim!

A história de Matanias nos ensina que é melhor termos problemas e estar na dependência de Deus, do que não termos nenhum problema e vivermos ausentes de Deus.

Não importa que dificuldades você esteja passando, nunca desista de seus sonhos nem de seus projetos de vida... E tenha excepcionais expectativas referentes a seus sonhos, mas sempre confiando em Deus...

Não faça as coisas de deu jeito, antes peça o direcionamento de Deus... E aprenda a viver na dependência Dele...

Lembre-se amiúde dos dois versículos do início deste artigo: Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus... E há um tempo certo para tudo acontecer...

E creia, a sua vitória chegará. Glória a Deus!




João Antonio Pagliosa
www.palestrantejoaopagliosa.blogspot.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

A ação da Polícia Federal na Universidade Federal de Minas Gerais, uma repetição da violência praticada também contra a Universidade Federal de Santa Catarina – que culminou com a morte do reitor Carlos Cancellier – parece indicar efetivamente, como denunciou o senador Roberto Requião, uma...
Disse o Sérgio Moro de sempre, diante de um comentário do ex-presidente Lula sobre os desmandos da justiça, que não debateria “publicamente com pessoas condenadas por crimes”. É a cara dele. Acha-se no direito de tecer comentários sobre tudo e sobre todos, projetando-se...
Nos últimos três anos, a Petrobras, maior empresa brasileira, foi alvo de um processo sistemático de desmoralização. Como resultado, a companhia começou a ser esquartejada, com vários de seus ativos sendo vendidos sem nenhuma transparência, e o pré-sal, maior...
Virou moda atribuir a violência e a criminalidade à falta de policiamento ou aos métodos de trabalho empregados pela força policial. O tema já sustentou muitas campanhas eleitorais e serviu de instrumento para os agitadores sociais atingirem seus objetivos. Uns clamam por maior presença...
Lembrei-me da música “A ordem do inverso” quando vi a reportagem sobre o primeiro transplante de coração do mundo. O Brasil parece ser mesmo o país do tanto faz, o que é correto já não vale mais, pelo visto roubaram SIM a imparcialidade da impressa, mas do simples cidadão a consciência, ainda não. Veja como se encontra a “imparcialidade da imprensa” nessa reportagem do fantástico em comemoração aos 50 anos do...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK