Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A semana decisiva para Temer
 
A semana decisiva para Temer
11/07/2017 as 09:17 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
O governo Temer vive sua semana decisiva. Não só pelo encaminhamento da denúncia na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados, mas também pela manutenção (ou não) dos apoios para continuar governando. Ao mesmo tempo em que depende dos deputados na proposta de autorização legislativa para o Supremo Tribunal Federal processar o presidente, o PSDB, principal partido aliado, se reúne para discutir a opção de entregar os quatro ministérios que ocupa e abandonar o governo. O presidente luta para manter os apoios e, com isso, faz a festa dos fisiológicos aliados, liberando emendas parlamentares e outros benefícios. Mas, mesmo assim, é prematuro arriscar qualquer desfecho, pois depende de muitas e delicadas variáveis.

Pouco importa o parecer da CCJ pela aceitação ou rejeição da licença para a instalação do processo. Se Temer conseguir manter reunida a base aliada e somar 172 dos 513 votos de deputados para a decisão em plenário, continuará governando. Se não conseguir esses votos, a autorização será dada e o STF o afastará por até seis meses – tempo para processá-lo – convocando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para assumir interinamente o governo.

Antes da delação de Joesley Batista e do surgimento da mala dos R$ 500 mil, Temer reunia facilmente sua base e conseguia aprovar praticamente tudo o que quisesse. Mas agora é diferente, principalmente porque parte dos parlamentares, também acusada de práticas irregulares, se preocupa com as próprias reeleições, no ano que vem, e não quer morrer abraçada com um governo sujeito a cair. Daí o movimento para Maia assumir logo e deixar para trás esse difícil capítulo da vida política nacional. A sensação é de que os aliados já se importam pouco com o presidente e seu destino.

Esta semana também teremos o Senado votando a reforma trabalhista. Se aprovada, pode representar alguma força política a Michel Temer, mas não a garantia de força para fazer andar as mudanças na previdência social. O país precisa de soluções para não perder o pouco de avanço registrado na economia pós-impeachment de Dilma Rousseff. Não podemos continuar vivendo a nociva incerteza. Com ou sem Temer e seu grupo, a vida continuará e nela há muito trabalho a realizar. Quanto antes sair a solução para a crise, melhor...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Segundo uma nova pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi, no final do mês de outubro, o ex-presidente Lula aparece com 42% das intenções de voto. Jair Bolsonaro, o mito, cantado em verso e prosa pela direita radical, como o único capaz de derrotá-lo, aparece com 16%. Eu tenho...
A resumir: O MPDF e a 10ª Vara Federal do DF estão a fazer Lawfare e a intenção é indubitavelmente política e partidária, pois visa criar manchetes e criminalizar a imagem de Lula para que ele não concorra às eleições e muito menos as vença, a desviar o foco da população quanto...
Quando Lula, no seu primeiro mandato, quis fazer a reforma da previdência dos funcionários públicos, que mexia com direitos dos servidores públicos, alguns deputados federais como Babá, Luciana Genro, João Fontes e a senadora Heloisa Helena, se rebelaram e disseram não. Indignado com tamanha rebeldia de seus comandados, Lula resolveu puni-los. Com essa decisão estes deputados e outros militantes resolveram sair do PT e desta debandada foi que surgiu o PSOL. Vale lembrar que também se rebelaram os...
É chocante e difícil de ver ou tolerar sem se indignar, a imagem do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e de outros parlamentares indo para a cadeia. Não menos constrangedor é saber que existe, na Câmara Federal, um parlamentar que só sai da prisão para comparecer...
O feriado de 15 de novembro não é valorizado como devia. Todos gostam de um feriadinho, mesmo que caia numa quarta-feira como nesse ano. O problema é que grande parte dos nossos escolares, de todos os níveis, desconhecem sua importância no contexto histórico. Na época da proclamação da República – 1889, o Brasil era o único país independente do continente americano, ainda governado por um monarca, uma vez que em 7 de setembro de 1822, D. Pedro I proclamara...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK