Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Pauta Livre > A semana decisiva para Temer
 
A semana decisiva para Temer
11/07/2017 as 09:17 h  Autor Tenente Dirceu Cardoso Gon&  Imprimir Imprimir
O governo Temer vive sua semana decisiva. Não só pelo encaminhamento da denúncia na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados, mas também pela manutenção (ou não) dos apoios para continuar governando. Ao mesmo tempo em que depende dos deputados na proposta de autorização legislativa para o Supremo Tribunal Federal processar o presidente, o PSDB, principal partido aliado, se reúne para discutir a opção de entregar os quatro ministérios que ocupa e abandonar o governo. O presidente luta para manter os apoios e, com isso, faz a festa dos fisiológicos aliados, liberando emendas parlamentares e outros benefícios. Mas, mesmo assim, é prematuro arriscar qualquer desfecho, pois depende de muitas e delicadas variáveis.

Pouco importa o parecer da CCJ pela aceitação ou rejeição da licença para a instalação do processo. Se Temer conseguir manter reunida a base aliada e somar 172 dos 513 votos de deputados para a decisão em plenário, continuará governando. Se não conseguir esses votos, a autorização será dada e o STF o afastará por até seis meses – tempo para processá-lo – convocando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para assumir interinamente o governo.

Antes da delação de Joesley Batista e do surgimento da mala dos R$ 500 mil, Temer reunia facilmente sua base e conseguia aprovar praticamente tudo o que quisesse. Mas agora é diferente, principalmente porque parte dos parlamentares, também acusada de práticas irregulares, se preocupa com as próprias reeleições, no ano que vem, e não quer morrer abraçada com um governo sujeito a cair. Daí o movimento para Maia assumir logo e deixar para trás esse difícil capítulo da vida política nacional. A sensação é de que os aliados já se importam pouco com o presidente e seu destino.

Esta semana também teremos o Senado votando a reforma trabalhista. Se aprovada, pode representar alguma força política a Michel Temer, mas não a garantia de força para fazer andar as mudanças na previdência social. O país precisa de soluções para não perder o pouco de avanço registrado na economia pós-impeachment de Dilma Rousseff. Não podemos continuar vivendo a nociva incerteza. Com ou sem Temer e seu grupo, a vida continuará e nela há muito trabalho a realizar. Quanto antes sair a solução para a crise, melhor...
 



Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) - aspomilpm@terra.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Jesus, sendo o Supremo Governante do planeta Terra, em Sua Primeira Vinda Visível a este orbe, realizou também verdadeiros milagres socioespirituais. E ampliou o nosso olhar sobre a Religião, que, além do forte acolhimento espiritual, igualmente é, por isso mesmo, todo o...
Livre arbítrio é faculdade que DEUS nos deu gratuitamente, e é indubitavelmente, a causa de destruição e perdição de muitos seres humanos. A maioria das pessoas não tem noção da responsabilidade de usarmos com sabedoria nosso livre arbítrio, e freqüentemente ventos mais fortes ou...
O Brasil já estava na UTI quando os candidatos Aécio Neves e Dilma Rousseff se digladiavam para assumirem a Presidência da República, cada um prometendo mais do que o outro fazer deste país o mais desenvolvido do mundo. A presidente, apenas com a continuidade do céu de brigadeiro em que se encontrava o país em suas mãos; o outro, após a permanência dela por dois mandatos. Dilma Rousseff levou a melhor. O primeiro poste de...
Os tempos são bicudos. O presidente Michel Temer investe milhões na liberação de emendas parlamentares e atendimento de pedidos dos deputados, na esperança de rejeitar a denúncia que poderá afastá-lo do poder. Coincidência ou não, ao mesmo tempo, o governo promove...
A importância de como se governa e não quem governa no pensamento filosófico de Aristóteles e Políbio compartilhavam da uma mesma classificação das diversas formas de governo, antes do nascimento da República e do presidencialismo. O resultado da necessidade de...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK