Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia

> Principal > Artigos > Pauta Livre > As perguntas me fazem bem?
 
As perguntas me fazem bem?
10/05/2017 as 07:27 h  Autor Padre Ezequiel Dal Pozzo  Imprimir Imprimir
O ser humano se faz perguntas. Elas possibilitam a descoberta da verdade da vida. Simplesmente seguir a onda; viver por viver; estar jogado no mundo não deixa o ser humano feliz. Ele precisa ser protagonista de sua história. Não somente deixar-se levar pela vida e sobremaneira pelos outros.

As perguntas fundamentais são: de onde vim? Para onde vou? O que posso esperar? O que devo fazer? Se nos concentrarmos na última, já temos muito o que pensar. Ela pode ser desmembrada em outras perguntas. O que devo fazer pra que a minha vida tenha sentido? Qual é mesmo minha missão nesse mundo? O que preciso fazer para deixar um legado as pessoas? Essas perguntas me tiram da periferia da vida e me fazem pensar naquilo que é central, no fundamental. Muitas pessoas se perdem no periférico e permanecem nele vivendo uma vida vazia. Só quem é impulsionado pelas perguntas se conecta com aquilo que a alma quer. Na alma está a verdade. Nela vamos descobrindo o essencial. Isso traz paz e verdadeira alegria ao coração.

Como surgem essas perguntas? Devemos nos fazê-las diariamente? Não creio que seja assim que acontece. As perguntas estão como que na base de fundo que fazem com que a vida seja vivida com verdade. Elas me impulsionam a não me contentar com uma vida pobre de sentido. Com elas não vivo simplesmente mas dou rumo a minha vida. Vou percebendo que o sentido profundo da vida não está somente naquilo que posso ver e agarrar. Passa por tudo o que faço mas vai além de tudo isso. O sentido, a partir das perguntas, abre a vida para uma dimensão transcendente. Vivo, trabalho, me encontro com pessoas, descanso, usufruo de tudo e em tudo percebo uma dimensão mais profunda. Isso porque a pergunta que me move me faz pensar o que devo fazer para que aquilo que faço não seja apenas para manter a minha vida, mas faz parte de uma missão maior. O sentido está acima, além de tudo e perpassa tudo. Nasce uma alegria no coração de perceber que tudo o que fazemos vale a pena, porque vai além das coisas. Vai além do simples fazer.

Em tudo devemos nos fazer perguntas. Por que faço isso? Porque costumo reagir assim diante das contrariedades? Porque tenho esse comportamento com as pessoas ou na família? Se me perguntar vou entender, crescer e melhorar. Assim serei mais feliz. Quem simplesmente diz: eu sou assim e pronto; que me aceitem assim; os outros tem que se adaptar comigo. Se afirmo isso não estou disposto a crescer. Parei no tempo. Não estou sendo protagonista de mudanças transformação. A vida não terá o sentido que ela é chamada a ter. Estou jogado na existência, sendo levado pela vida. Deixa a vida me levar, vida leva eu, como canta a canção só vale no sentido de deixar a vida fluir. Não vale se for na intenção de simplesmente viver sem se empenhar e sem perseguir os sonhos. A vida precisa de objetivos definidos que são como que forças propulsoras no caminho.



Padre Ezequiel Dal Pozzo

contato@padreezequiel.com.br
www.padreezequiel.com.br

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img



img
RSS  Artigos Artigos

Quando menos se espera, chega a grande crise. O presidente da República que, na quarta-feira passada, comemorava o começo da recuperação no mercado de trabalho e outros indicadores favoráveis da economia, resta hoje denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal), perde...
Essa é uma pergunta que corre pelo Brasil. A resposta é SIM. Lula será preso. É só uma questão de tempo e procedimentos legais, que sabemos, são demorados, especialmente quando envolvem um ex-presidente. Não há mais como sustentar a defesa de Lula, que nunca soube de...
Meu sobrinho de sete anos, Ramon, saiu-se com esta, recentemente, quando lhe deram um texto escrito em letra cursiva para ele ler: “Como é que vocês me dão uma coisa com uma letra que eu não sei ler?” E ele tinha razão. Ele está sendo alfabetizado pelo sistema novo que...
Convido o leitor a fazer um experimento, passe a língua na superfície dos dentes naturais e perceba a textura lisa que eles possuem. Repita após ter comido uma fruta ou tomado um copo de suco de limão ou laranja. Conseguiu perceber a diferença? Antes liso e depois “áspero”? Muitos de...
Não é preciso ir longe para assistir exemplos de que a sociedade anda com vários problemas. Ligue a TV, assista ao telejornal e preste atenção nas matérias divulgadas. Violência, preconceito e corrupção são palavras já comuns em nosso dia a dia, e o pior, nós nos acostumamos com...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img


img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Obra da Ática, lançada em 2011, traz as ilustrações originais de Jim Kay e tradução do escritor Antônio Xerxenesky. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de...
Os Direitos Humanos e os Valores Humanistas estão presentes nas mais diversas tradições religiosas e filosóficas da Humanidade. Eles não são monopólio do Ocidente ou propriedade cristã. As maiores religiões e sistemas filosóficos afinam, nos seus grandes postulados, com as...
O ex-ministro Luiz Carlos Borges da Silveira, que ocupou a pasta da saúde entre os anos de 1987 e 1989, no governo de José Sarney, acaba de lançar seu novo livro: “Nova República: 30 Anos de altos e baixos”. A obra retrata o período que vai do fim da ditadura militar e eleição do primeiro presidente...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK