Novoeste on-line - Onde o Oeste da Bahia é Notícia
> Principal > Artigos > Esportes > Copa do Mundo no Brasil: um baba mundial
 
Copa do Mundo no Brasil: um baba mundial
01/08/2011 as 15:07 h  Autor Novoeste  Imprimir Imprimir
Na contramão do excesso de otimismo da ministra, um estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), apontou que ao menos 9 dos 13 aeroportos brasileiros que estão em obras para a Copa de 2014 não devem estar prontos a tempo para o evento. Em julho passado, o secretário-geral da FIFA, Jerome Volcke, durante visita a Moscou, elogiou os russos pelo andamento adiantado das obras para a Copa que será sediada por lá em 2018, criticou o trabalho por aqui e chegou a lamentar a escolha do nosso país como sede dos jogos mundiais de futebol.

Recebemos a notícia de que seríamos “hospedeiros” da próxima Copa no segundo semestre de 2007. E, no entanto, faltando cerca de três anos para o mundial, estamos atrasados, enrolados e endividados. No início deste ano, o TCU (Tribunal de Contas da União) divulgou seu primeiro relatório sobre as ações da Copa no Brasil, e apontou atraso no início das mesmas, estouro significativo nos orçamentos, falta de transparência nos atos do governo e irregularidades graves nos projetos. Entre as obras mencionadas estão reformas e construções de estádios, aeroportos e projetos de mobilidade. Segundo o TCU “são grandes os riscos de aditivos contratuais, sobrepreço, contratos emergenciais e aportes desnecessários de recursos federais”.

O orçamento previsto para realizar toda a infraestrutura impecável exigida pela FIFA é de R$ 23 bilhões. No entanto, as “coisas” mudaram e vão mudar muito até a Copa. Para se ter uma ideia do que estou falando, a previsão do valor para a reforma do estádio Mineirão (MG) era de R$ 426 milhões, mas a proposta vencedora foi de R$ 743 milhões. Já o Maracanã (RJ), o valor passou de R$ 600 milhões para R$ 705 milhões. A maior diferença de custo ocorreu no novo estádio da Fonte Nova (BA), onde o previsto, mesmo sendo R$ 591 milhões, teve como proposta vencedora nada mais nada menos do que R$ 1,6 bilhão.

Como o horizonte nos acena, sediar a Copa do Mundo de 2014 nos custará muito mais do que um vexame internacional pelas obras inacabadas ou mal acabadas. Até mesmo o ministro do TCU, José Jorge, já afirmou que, apesar de todos os mecanismos de contas de controle e fiscalização dos recursos federais destinados às obras do mundial, “é impossível dizer que não haverá superfaturamento em algumas delas”.

Mas, mesmo carregando o vexame internacional pelo atraso das obras e pagando essa conta superfaturada, caso a Seleção Brasileira ganhe a Copa em casa, o brasileiro e sua paixão alucinada pelo futebol (às vezes acho que fomos colonizados por uma bola!) reduzirá tudo isso a nada – ou quase nada. Todavia, se até 2014 os jogadores do Brasil demonstrarem em campo o mesmo futebol de agora, sinto muito, mas vamos passar vergonha duas vezes e ainda pagar a conta.

Cathy Rodrigues

Jornalista 

Comente via Facebook
Mais Artigos
Não há comentários.
img





img
RSS  Artigos Artigos

Enquanto outros Presidentes da República sempre trabalharam mesmo nas condições adversas que o próprio mundo político impõe a todos pelas disputas, para atender às demandas do seu tempo, levando em consideração sempre o que fosse melhor para os brasileiros, Michel Temer como...
O título foi tirado de uma entrevista do jornalista e escritor Walter Pinheiro, presidente da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) e diretor do Jornal Tribuna da Bahia, comemorando os 47 anos de existência desse importante órgão de comunicação. Após relembrar os tempos de luta, Pinheiro ressaltou que todos que nele trabalham sempre estiveram juntos, e que, nessa caminhada, a Tribuna, com certeza, completaria seus...
Quanto mais aprendemos, mais sabemos que sabemos muito pouco. Há anos o Brasil vem sendo criticado por jogar muito carbono na atmosfera por meio das queimadas. O fogo é o principal bandido nessa história. Sempre há relatos em jornais, revistas, rádio e telejornais de que aumentou ou...
No próximo ano teremos eleições. Como um ato de rotina voltaremos às urnas como fazemos há muitos anos nesta democracia que construímos. Mas essa não deve ser considerada uma eleição como outras.  Há uma possibilidade real de que possamos fazer uma reforma política de fato, encerrando os mandatos daqueles políticos que se envolveram em corrupção e tráfico de influência, traindo o voto popular. Votar é fundamental. É através...
No dia 20 de outubro é comemorado o dia do poeta, esse ser estranho e singular, iluminado, que vê a vida com o coração e a alma, e tenta passar essa visão a todos aqueles que tiverem sensibilidade para recriar a sua visão. Então quero enviar a minha homenagem a todos os bardos deste...
img
img
img
PUBLICAÇÕES RECENTES
img




img

img
img
img
CASAS img LOTES img FAZENDAS
img
CHÁCARAS img PRÉDIOS COMERCIAIS img GALPÕES
img
RSS  Dicas de Leitura Dicas de leitura
img
Ao questionar Paulo Freire, Ronai Rocha analisa alguns dos paradigmas mais arraigados na nossa educação. A crise na educação brasileira é inegável. A baixa qualidade das aprendizagens, a estagnação do desempenho escolar nos testes padronizados, a pouca...
Mais de quinze anos depois do lançamento de As aventuras de Pi, Yann Martel retoma ao cenário literário com o romance As altas montanhas de Portugal, publicado no Brasil pelo selo Tordesilhas. Nesse livro, Martel mantém o estilo inventivo e...
Com os filhos pequenos à sua volta, Graça Ramos fazia a brincadeira das palavras para estimulá-los a construir um vocabulário rico. “Saía muito disparate”, ela se diverte ao lembrar. Ainda grávida, lia em voz alta para que os bebês em...
img
img
RSS  Top Vídeos Top Vídeos
img
Thumbnail
img
img
img
RSS  Classificados Classificados
img



img
img



RSS GOOGLE + YOUTUBE TWITTER FACEBOOK